RESSURREIÇÕES NO REINO MILENAR, DESDE O INÍCIO OU SÓ DEPOIS? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

RESSURREIÇÕES NO REINO MILENAR, DESDE O INÍCIO OU SÓ DEPOIS?

No início, Deus não tinha o propósito de ressuscitar ninguém porque, se Adão e Eva tivessem permanecido fiéis, ninguém teria de morrer. Mas, daí o pecado de Adão trouxe a imperfeição e a morte a todos. (Romanos 5:12) Assim, para tornar possível que quaisquer dos filhos de Adão ganhassem a vida eterna, Jeová Deus providenciou a ressurreição. Mas, que determina se certa pessoa é ressuscitada ou não?

A Bíblia explica: “Há de haver uma ressurreição tanto de justos como de injustos.” (Atos 24:15) Isto talvez surpreenda a alguns. ‘Por que ressuscitar os “injustos”?’, talvez se perguntem. O que aconteceu quando Jesus estava preso à estaca de tortura ajudará a responder a esta pergunta.

Esses homens, ao lado de Jesus, são criminosos. Um deles acaba de insultá-lo, dizendo: “Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós.” Contudo, o outro criminoso crê em Jesus. Dirige-se a Jesus e diz: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu reino.” A isso, Jesus promete: “Deveras, eu te digo hoje: Estarás comigo no Paraíso.” — Lucas 23:39-43.

Mas, que quer Jesus dizer quando diz: “Estarás comigo no Paraíso”? Onde fica o Paraíso? Ora, onde ficava o paraíso que Deus fez no princípio? Ficava na terra, não é mesmo? Deus colocou o primeiro casal humano no belo paraíso chamado de jardim do Éden. Assim, quando lemos que este ex-criminoso estará no Paraíso, devemos visualizar esta terra transformada num belo lugar em que se viver, pois a palavra “paraíso” significa “jardim” ou “parque”. — Gênesis 2:8, 9.

Jesus Cristo, naturalmente, não estará com o ex-criminoso aqui mesmo na terra. Não, Jesus estará no céu governando qual rei sobre o Paraíso terrestre. Assim, ele estará com aquele homem no sentido de que Ele o ressuscitará dentre os mortos e cuidará de suas necessidades, tanto físicas como espirituais. Mas, por que permitirá Jesus que um homem que era criminoso viva no Paraíso?

É verdade que esse homem praticou coisas ruins. Ele era “injusto”. Também, desconhecia a vontade de Deus. Mas, teria ele sido criminoso se conhecesse o propósito de Deus? Para descobrir isso, Jesus ressuscitará este homem injusto, bem como bilhões de outros que morreram na ignorância. Por exemplo, nos séculos passados morreram muitas pessoas que não sabiam ler e que nunca viram uma Bíblia. Mas, elas serão ressuscitadas do Seol, ou Hades. Daí, no paraíso terrestre, a vontade de Deus lhes será ensinada, e por fazerem a vontade de Deus terão a oportunidade de provar que realmente o amam.

Isso não significa que toda pessoa será ressuscitada. A Bíblia mostra que Judas Iscariotes, que traiu a Jesus, não será ressuscitado. Por causa de sua maldade proposital, Judas é chamado de “o filho da destruição”. (João 17:12)
Ele foi para a simbólica Geena, da qual não há ressurreição. (Mateus 23:33) Pessoas que propositalmente praticam o que é mau após conhecerem a vontade de Deus talvez estejam pecando contra o espírito santo. E Deus não ressuscitará os que pecam contra seu espírito santo. (Mateus 12:32; Hebreus 6:4-6; 10:26, 27)

Contudo, visto que Deus é o Juiz, não há razão para tentarmos descobrir se certas pessoas más do passado ou do presente serão ressuscitadas ou não. Deus sabe quem está no Hades e quem está na Geena. De nossa parte, devemos fazer tudo ao nosso alcance para sermos a espécie de pessoas que Deus deseja ter em seu novo sistema. — Lucas 13:24, 29.

A verdade é que nem todos os que recebem a vida eterna precisarão ser ressuscitados. Muitos servos de Deus que vivem agora, nos “últimos dias” deste sistema de coisas, sobreviverão ao Armagedom. E então, como parte da “nova terra” justa, eles nunca precisarão morrer. O que Jesus disse a Marta pode ser aplicado a eles em sentido literal: “E todo aquele que vive e exerce fé em mim, nunca jamais morrerá.” — João 11:26; 2 Timóteo 3:1.

Quem são os “justos” que serão ressuscitados? Esses incluirão os servos fiéis de Deus que viveram antes de Jesus Cristo vir à terra. Muitos desses são mencionados por nome em Hebreus, capítulo 11. Eles não esperavam ir para o céu mas esperavam viver de novo aqui na terra. Entre os “justos” a serem ressuscitados figuram também os servos fiéis de Deus que morreram em anos recentes. Deus cuidará de que a esperança deles de viver para sempre no paraíso na terra seja realizada por ressuscitá-los dentre os mortos.

RESSURREIÇÃO: QUEM NÃO SERÁ RESSUSCITADO?
01- Pessoas perfeitas que pecaram contra Jeová. (Adão e Eva). Gên. 3:17-19
02- Pessoas que pecaram contra o espírito santo de Jesus para frente. Heb. 6:4-6.
03- Pessoas que morrerem desassociadas. Heb. 10:26-31.
04- Todas pessoas que morrerem no Armagedom. Apoc. 16:14.
05- Todas pessoas do Reino milenar que não estiverem no Livro da Vida. Apoc. 20:15.
 

PERGUNTA DE LEITORES
01-Em qual sentido, haverá "mais tolerância" para Sodoma e Gomorra, do que para as pessoas de Tiro, Sídon e Cafarnaum no "dia do juízo em Mateus 10:15?  
"Mateus 10:15 "Com toda a certeza vos afirmo que haverá mais tolerância para Sodoma e Gomorra, no dia do juízo, do que para aquelas pessoas."

Seria isso uma afirmação de que mais pessoas de Sodoma e Gomorra serão ressuscitadas, em relação às essas cidades que rejeitaram o testemunho cristão cabal com seus sinais?
RESPOSTA: Não acreditamos que seja assim; essa "tolerância" maior é permitir todos aqueles ressuscitados de Sodoma e Gomorra obtenham mais paciência divina na mudança de personalidade durante o milênio.
O povo de Sodoma foi enganado com a sodomia. Já Tiro, Sídon, Cafarnaum e outras, foram duros com a adoração de Jeová, mesmo conscientes que Jeová era o verdadeiro Deus.
Na verdade o texto diz nas entrelinhas que todos serão ressuscitados. Leia com atenção, e verás. Mat .10:15.

QUANDO E ONDE SERÃO RESSUSCITADOS
Fala-se de Jesus Cristo como o “primeiro a ser ressuscitado dentre os mortos”. (Atos 26:23) Isto significa que foi o primeiro a ser ressuscitado dentre os que não terão de morrer de novo.
Também, foi o primeiro a ser ressuscitado qual pessoa espiritual. (1 Pedro 3:18)
Mas a Bíblia diz que haveria outros, dizendo: “Cada um na sua própria categoria: Cristo, as primícias, depois os que pertencem a Cristo durante a sua presença.” (1 Coríntios 15:20-23)
Assim, na ressurreição, haveria os que seriam ressuscitados antes de alguns outros.

“Os que pertencem a Cristo” são os 144.000 discípulos fiéis escolhidos para dominarem com ele no Reino. A respeito de sua ressurreição celestial, a Bíblia diz: “Feliz e santo é todo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes a segunda morte não tem autoridade mas serão sacerdotes de Deus e do Cristo, e reinarão com ele [durante os] mil anos.” Apocalipse 20:6; 14:1, 3.

Assim, seguindo-se à ressurreição de Cristo, os 144.000 são os próximos a serem ressuscitados. Eles têm parte na “primeira ressurreição” ou ‘a ressurreição [a ocorrer] mais cedo’. (Filipenses 3:11) Quando é que isto acontece? ‘Durante Sua presença’, diz a Bíblia. Conforme aprendemos em capítulos anteriores, a presença de Cristo começou no ano de 1914. De modo que o “dia” para “a primeira ressurreição” de cristãos fiéis para o céu já começou. Sem dúvida, os apóstolos e outros cristãos primitivos já foram ressuscitados à vida celestial. 2 Timóteo 4:8.

Mas existem cristãos, que vivem agora durante a presença invisível de Cristo, que têm esta mesma esperança de governar no céu com Cristo. São os remanescentes, um restante dos 144.000. Quando são ressuscitados? Não há necessidade de que durmam na morte, mas, ao morrerem, ressuscitam imediatamente. A Bíblia explica: “Nem todos adormeceremos na morte, mas todos seremos mudados, num momento, num piscar de olhos, durante a última trombeta. Pois a trombeta soará, e os mortos serão levantados incorruptíveis.”  1 Coríntios 15:51, 52; 1 Tessalonicenses 4:15-17.

Naturalmente, esta “primeira ressurreição” à vida celestial é invisível aos olhos humanos. É uma ressurreição à vida quais criaturas espirituais. A Bíblia descreve da seguinte maneira a mudança à vida espiritual: “Semeia-se em corrupção, é levantado em incorrupção. Semeia-se em desonra, é levantado em glória. . .. Semeia-se corpo físico, é levantado corpo espiritual.” 1 Coríntios 15:42-44.

Contudo, a própria expressão “primeira ressurreição” indica que se seguirá outra. Esta será a ressurreição à vida na terra paradísica, tanto de pessoas justas como de injustas. Isto ocorrerá após o Armagedom. Será uma “ressurreição melhor” do que a dos meninos ressuscitados por Elias e por Eliseu e de outros que certa vez foram ressuscitados na terra. Por quê? Porque se os ressuscitados após o Armagedom escolherem servir a Deus, nunca mais terão de morrer.  Hebreus 11:35.

RESSURREIÇÕES DESDE O INÍCIO DO REINO MILENAR
Leitores sinceros da Bíblia ao lerem o Capítulo 20 de Apocalipse chegam a conclusão que as Ressurreições milenares só ocorrerão ao terminar o Reino Milenar de Cristo. Apoc. 20:1-3,7-15.
Interpretam que esta passagem é uma ressurreição só do corpo dos infiéis para serem todos condenados e lançados no "lago de fogo". Apoc. 20:11-15.

RESUMO DE APOCALIPSE CAPÍTULO 20
Versículos 01-06: Eventos que iniciam o Dia do Juízo milenar logo após o armagedom.
A- A prisão se Satanás no abismo por 1000 anos (Apoc.1:1-3).
B- O início do dia do Juízo (O reino) logo após o dia do Armagedom. (Apoc. 20:4-6).
Versículos 07-10: Descrição cronológica da Vida e ações de Satanás até o final do milênio.
Versículos 11-15: Descrição cronologica das ocorrências e ações do Reino do início até o final do milênio.
Observações: Não adianta o caro leitor tentar imaginar que a leitura de Apocalipse 20:7-15 sequencial é cronológica. São narrativas de dois angulos e ocorrências da Vida de Satanás (Apoc. 20:7-10) e posteriormente a narrativa cronológica desde o início dos eventos e ações do reino milenar. (Apoc. 20:11-15)  

CONCLUSÃO: Todos que desconsideram a verdade acima, vão entender que as ressurreições milenares só ocorrerão após o final do milênio. Apoc. 20:10.
Na verdade o relato mostra que as ressurreições milenares ocorrerão desde o início, (Apoc. 20:4-6) gradativamente e durante o Reino milenar.

MATÉRIAS ADICIONAIS

Voltar para o conteúdo