PROFECIA: O QUE É? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

PROFECIA: O QUE É?

PROFECIA
Definição: Uma mensagem inspirada; uma revelação da vontade e dos propósitos divinos. A profecia pode ser uma predição de algo por vir, um ensinamento moral inspirado, ou uma expressão de uma ordem ou julgamento divino.

Que predições registradas na Bíblia já se cumpriram?
Para obter exemplos, veja os tópicos gerais “Bíblia”, “Últimos Dias” e “Datas”, também o livro “Toda a Escritura É Inspirada por Deus e Proveitosa”, páginas 343-346.

Quais são algumas profecias destacadas da Bíblia que ainda estão para se cumprir?
1 Tes. 5:3: “Quando estiverem dizendo: ‘Paz e segurança!’ então lhes há de sobrevir instantaneamente a repentina destruição, assim como as dores de aflição vêm sobre a mulher grávida, e de modo algum escaparão.”
Apoc. 17:16: “Os dez chifres que viste, e a fera, estes odiarão a meretriz [Babilônia, a Grande] e a farão devastada e nua, e comerão as suas carnes e a queimarão completamente no fogo.”
Eze. 38:14-19: “Tens de dizer a Gogue: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Não o saberás tu naquele dia quando meu povo de Israel [espiritual] morar em segurança? E hás de vir do teu lugar, das partes mais remotas do norte, tu e muitos povos contigo . . .” “E terá de acontecer naquele dia, no dia em que Gogue chegar ao solo de Israel”, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová, “que meu furor me subirá no nariz. E terei de falar no meu fervor, no fogo da minha fúria.”’”
Dan. 2:44: “O . . . reino [estabelecido por Deus] . . . esmiuçará e porá termo a todos estes reinos [humanos], e ele mesmo ficará estabelecido por tempos indefinidos.”
Eze. 38:23: “Eu hei de magnificar-me, e santificar-me, e dar-me a conhecer aos olhos de muitas nações; e terão de saber que eu sou Jeová.”
Apoc. 20:1-3: “Eu vi descer do céu um anjo com a chave do abismo e uma grande cadeia na mão. E ele se apoderou do dragão, a serpente original, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. E lançou-o no abismo, e fechou e selou este sobre ele, para que não mais desencaminhasse as nações até que tivessem terminado os mil anos. Depois destas coisas terá de ser solto por um pouco.”
João 5:28, 29: “Não vos maravilheis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos túmulos memoriais ouvirão a sua voz e sairão, os que fizeram boas coisas, para uma ressurreição de vida, os que praticaram coisas ruins, para uma ressurreição de julgamento.”
Apoc. 21:3, 4: “Ouvi uma voz alta do trono dizer: ‘Eis que a tenda de Deus está com a humanidade, e ele residirá com eles e eles serão os seus povos. E o próprio Deus estará com eles. E enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores já passaram.’”
1 Cor. 15:24-28: “A seguir, o fim, quando ele entregar o reino ao seu Deus e Pai . . . Mas, quando todas as coisas lhe tiverem sido sujeitas, então o próprio Filho também se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas, para que Deus seja todas as coisas para com todos.”

Por que devem os cristãos estar profundamente interessados nas predições da Bíblia?
Mat. 24:42: “Mantende-vos vigilantes, porque não sabeis em que dia virá o vosso Senhor.”
2 Ped. 1:19-21: “Temos a palavra profética tanto mais assegurada [em resultado do que ocorreu na transfiguração de Jesus]; e fazeis bem em prestar atenção a ela . . . Porque a profecia nunca foi produzida pela vontade do homem, mas os homens falaram da parte de Deus conforme eram movidos por espírito santo.”
Pro. 4:18: “A vereda dos justos é como a luz clara que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecido.”
Mat. 4:4: “O homem tem de viver, não somente de pão, mas de cada pronunciação procedente da boca de Jeová.” (Isso inclui suas grandiosas promessas proféticas.)
2 Tim. 3:16: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e proveitosa para ensinar, para repreender, para endireitar as coisas, para disciplinar em justiça.” (Assim, a inteira Palavra escrita de Deus merece que a estudemos diligentemente.)

Voltar para o conteúdo