ORAÇÃO QUAL DEUS OUVE? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

ORAÇÃO QUAL DEUS OUVE?

Oração - Definição: Comunicação adorativa, quer oralmente, quer em silêncio nos próprios pensamentos da pessoa, com o verdadeiro Deus ou com deuses falsos.


JESUS ENSINOU E ORAVA À JEOVÁ, NA TERRA E NO CÉU. ( Mat. 26:36-46; Apoc. 10:1-6)
Uma das orações mais lindas de Jesus à Jeová é a famosa Oração Sacertodal registrada no capítulo 17 do Evangelho de João.
João 17:1-7, Jesus falou essas coisas e, levantando os olhos para o céu, disse: “Pai, chegou a hora. Glorifica o teu filho, para que o teu filho te glorifique,  assim como lhe deste autoridade sobre todas as pessoas, para que ele dê vida eterna a todos aqueles que lhe deste.  Isto significa vida eterna: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo.  Eu te glorifiquei na terra e terminei a obra que me deste para fazer.  E agora, Pai, glorifica-me ao teu lado com a glória que eu tive junto de ti antes de o mundo existir.  “Tornei o teu nome conhecido aos homens que me deste do mundo. Eles eram teus, e tu os deste a mim, e eles obedeceram à tua palavra.  Agora eles sabem que todas as coisas que me deste vêm de ti, (João 17:1-26) Trad. N.M.

Nessa oração acima, Jesus expressou a Jeová, todos os principais assuntos de sua preocupação:
01- Rogou benção para si na hora mais crucial de sua vida terrena: Na sua morte não perder sua integridade. João 17:1
02- Reconheceu que a sua autoridade para salvar as pessoas vem de Seu Pai. Joao 17:2,24
03- Enfatizou  que Seu Pai celestial é o ÚNICO Deus verdadeiro. João 17:3
04- Afirmou que para se obter a Vida eterna é necessário conhecer Seu Pai e ele mesmo. João 17:3
05- Confessou que a sua glória anterior era mantida por Jeová. João 17:5,
06- Mostrou claramente que o Nome do Seu Paí estava acima de Tudo. João 17:6
07- Falou que suas ovelhas são as ovelhas de Jeová. João 17:6, 24
08- Suplicou a Seu Pai ajuda para cuidar e proteger todas as ovelhas Dele. João 17:14-26


Tem a impressão, como no caso de muitos, de que não obtém resposta a suas orações?
A oração de quem está Deus disposto a ouvir?
Sal. 65:2; Atos 10:34, 35: “Ó ouvinte de oração, sim, a ti chegarão pessoas de toda carne.” “Deus não é parcial, mas, em cada nação, o homem que o teme e que faz a justiça lhe é aceitável.” (A nacionalidade, a cor da pele ou as circunstâncias econômicas da pessoa não entram em conta neste assunto. Mas as motivações do coração da pessoa e o modo como leva a sua vida, isso conta.)
Luc. 11:2: “Sempre que orardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome.’” (Dirige suas orações ao Pai, àquele cujo nome a Bíblia diz que é Jeová? Ou, ao invés, dirige as suas orações aos “santos”?)
João 14:6, 14: “Jesus disse-lhe: ‘Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim. Se pedirdes algo em meu nome, eu o farei.’” (Ora em nome de Jesus Cristo, reconhecendo que, visto ser você uma criatura humana pecaminosa, precisa da intercessão dele em seu favor?)
1 João 5:14: “Esta é a confiança que temos nele, que, não importa o que peçamos segundo a sua vontade, ele nos ouve.” (Para ter tal confiança, porém, precisa primeiro conhecer a vontade de Deus. Daí, cuide de que seus pedidos estejam em harmonia com ela.)
1 Ped. 3:12: “Os olhos de Jeová estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos às súplicas deles; mas o rosto de Jeová é contra os que fazem coisas más.” (Já tirou tempo para aprender o que Jeová diz por intermédio de sua Palavra quanto a o que é justo e o que é mau?)
1 João 3:22: “Tudo o que pedimos recebemos dele, porque estamos observando os seus mandamentos e estamos fazendo as coisas que são agradáveis aos seus olhos.” (É realmente seu desejo agradar a Deus, e está sinceramente procurando obedecer aos mandamentos dele que já conhece?)
Isa. 55:6, 7: “Buscai a Jeová enquanto pode ser achado. Chamai-o enquanto mostra estar perto. Deixe o iníquo o seu caminho e o homem prejudicial os seus pensamentos; e retorne ele a Jeová, que terá misericórdia com ele, e ao nosso Deus, porque perdoará amplamente.” (Jeová, na sua misericórdia, convida até mesmo pessoas que fizeram coisas más para que o invoquem em oração. Mas, para que tenham a aprovação de Deus, precisam arrepender-se sinceramente de seus caminhos e pensamentos errados e mudar de proceder.)

O que pode tornar inaceitáveis a Deus as orações da pessoa?
Mat. 6:5: “Quando orardes, não deveis ser como os hipócritas; porque eles gostam de orar em pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas largas, para serem vistos pelos homens. Deveras, eu vos digo: Eles já têm plenamente a sua recompensa.” (Também Lucas 18:9-14.)
Mat. 6:7: “Ao orares, não digas as mesmas coisas vez após vez, assim como fazem os das nações, pois imaginam que serão ouvidos por usarem de muitas palavras.”
Pro. 28:9: “Quem desvia seu ouvido de ouvir a lei [de Deus] — até mesmo sua oração é algo detestável.”
Miq. 3:4: “Naquele tempo clamarão a Jeová por socorro, mas ele não lhes responderá. E naquele tempo esconderá deles a sua face, conforme a maldade que praticaram nas suas ações.”
Tia. 4:3: “Pedis, e ainda assim não recebeis, porque estais pedindo com propósito errado, para que o possais gastar nos vossos desejos ardentes de prazer sensual.”
Isa. 42:8, Dy; Mat. 4:10, BJ: “Eu, o Senhor [“Iahweh”, BJ; “Jeová”, NM]: este é o meu nome. Não darei a minha glória a outrem, nem o meu louvor a coisas esculpidas.” “Ao Senhor teu Deus [“Jeová, teu Deus”, NM] adorarás e a ele só prestarás culto.” (Também Salmo 115:4-8, ou  113:4-8, segunda série de números em So) (A oração é uma forma de adoração. Se orar diante de coisas esculpidas, ou imagens, agradará isso a Deus?)
Isa. 8:19: “Caso vos digam: ‘Recorrei aos médiuns espíritas ou aos que têm espírito de predição, que chilram e fazem pronunciações em voz baixa’, não é a seu Deus que qualquer povo devia recorrer? Acaso se deve recorrer a pessoas mortas a favor de pessoas vivas?”
Tia. 1:6, 7: “Persista ele em pedir com fé, em nada duvidando, pois quem duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida pelo vento e agitada. De fato, não suponha tal homem que há de receber algo de Jeová.”

Sobre que assuntos se deve orar apropriadamente?
Mat. 6:9-13: “Tendes de orar do seguinte modo: ‘[1] Nosso Pai nos céus, santificado seja o teu nome. [2] Venha o teu reino. [3] Realize-se a tua vontade, como no céu, assim também na terra. [4] Dá-nos hoje o nosso pão para este dia; e [5] perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores. E [6] não nos leve à tentação, mas livra-nos do iníquo.’” (Note que o nome e o propósito de Deus devem receber prioridade.)
Sal. 25:4, 5: “Faze-me saber os teus próprios caminhos, ó Jeová; ensina-me as tuas próprias veredas. Faze-me andar na tua verdade e ensina-me, pois tu és o meu Deus de salvação.”
Luc. 11:13: “Se vós, embora iníquos, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais o Pai, no céu, dará espírito santo aos que lhe pedirem!”
1 Tes. 5:17, 18: “Orai incessantemente. Dai graças em conexão com tudo.”
Mat. 14:19, 20: “[Jesus] tomou os cinco pães e os dois peixes, e, olhando para o céu, proferiu uma bênção, e, depois de partir os pães, distribuiu-os entre os discípulos, e os discípulos, por sua vez, entre as multidões. Todos comeram assim e ficaram satisfeitos.”
Tia. 5:16: “Orai uns pelos outros.”
Mat. 26:41: “Mantende-vos vigilantes e orai continuamente, para que não entreis em tentação.”
Fil. 4:6: “Não estejais ansiosos de coisa alguma, mas em tudo, por oração e súplica, junto com agradecimento, fazei conhecer as vossas petições a Deus.”

ESTÊVÃO, ANANIAS E PAULO ORARAM À JESUS?
ESTEVÃO AJOELHOU SE E OROU À JESUS?
55 Mas ele, estando cheio do Espírito Santo e fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus e Jesus, que estava à direita de Deus,
56 "e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, que está em pé à mão direita de Deus.
57 Mas eles gritaram com grande voz, taparam os ouvidos e arremeteram unânimes contra ele.
58 E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo.
59 E apedrejaram a Estêvão, que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.
60 E, pondo-se de joelhos, suplicou com grande voz: SENHOR, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu. ATOS 7:55-60 ALA 2009

No versículo Atos 7:59, quando Estevão invoca a Jesus, Estevão não está de joelho.
Veja 2 Reis 1:13.
No versículo Atos 7:60, quando Estevão suplica à Jeová é neste ponto que Estevão ajoelha-se. Ef. 3:14-17

Por que as pessoas não têm coragem de falar quem é este "Senhor" do versus? At. 7:60?
Estevão na invocação a Jesus, invoca Jesus pelo nome e pronome. Mas no versus At. 7:60, Estevão se ajoelha e chama DEUS de "senhor " seguindo a falcatrua de retirar o nome "Jeová" da bíblia inteira.

Será que ninguém percebe que são duas pessoas e atos distintos com quem Estevão se relaciona?
Seria uma incoerência de Estevão, ajoelhar-se e orar à Jesus, sabendo todos ensinamentos do próprio Jesus, para orar e adorar somente Jeová. Sal. 65:2, Mat. 4:10; 6:9, João 17:1, Ef. 3:14-17.

Incoerência seria também desprezar o CONTEXTO deste episódio. Analise: Estevão havia acabado de ter uma VISÃO CELESTIAL de Deus, ONDE VIU A glória DE JEOVÁ e Jesus de pé, à direita de Deus   (Atos 7:55,56). O CONTEXTO GERAL ATOS 7, estava sendo recapitulado todos os tratos de Jeová o Deus de Abraão.
Isto vem a comprovar a interpretação acima pois seria IMPOSSÍVEL Estevão passar a autoridade de Jesus acima da de Deus.

Na ocasião Estevão sabia que poderia "invocar" o nome de Jesus (Atos 22:16), sabia que oração era só a Deus em nome de Jesus e ajoelhar-se e suplicar só a Deus, em nome de Jesus. (Ef. 3:14-17), e estar a Direita de Deus indica inferioridade e estar protegido por Deus. Sal. 110:1.

PORTANTO, Estevão NUNCA deixaria Jeová Deus para trás nem ao menos dando-lhe atenção; e quem tenta interpretar esta passagem diferente desta, está sendo infiel com as escrituras.
Estevão fez duas coisas , uma invocação e uma suplica além do mais NINGUÉM faz DUAS orações NUMA SÓ!

Estevão  viu  Jeová, na sua visão ao morrer?
Na verdade  a Escritura em Atos 7:55, diz que Estevão viu DUAS pessoas no céu. Uma, ele identificou com Deus (em GLÓRIA)  e a outra pessoa como  Jesus em pé à direita de Deus.  Se "Deus" for um Deus trino, Estevão confundiu-se pois separou Jesus desse suposto Deus trino.
No contexto desse texto  Atos 7:59,60, diz que Estevão, primeiro fez um pedido a Jesus e depois "ajoelhou-se em oração  para Deus e se expressou ao Deus.
No contexto, que Deus era esse que Paulo assassino servia? Era o Deus dos hebreus, YHVH.


ANANIAS NÃO OROU À JESUS.
A Ananias em Atos 9:10-18,  orou à Jesus?
Ananias não orou a Jesus. Se ler o relato em Atos 9:10-18, não estavam orando e apenas estavam recebendo instruções de Jesus para libertar Saulo da cegueira espiritual. Note que em sonho (visão) Jesus deu todas orientações necessárias à Ananias para tal tarefa.

*PAULO NUNCA OROU À JESUS* .
Paulo "orou" a Jesus em 2 Coríntios 12:8?
*2 Coríntios 12:1-9*  Tenho de me gabar. Não há nada a ganhar com isso, mas passarei às visões sobrenaturais e revelações da parte do Senhor.  
2 Conheço um homem em união com Cristo que, há 14 anos — quer no corpo, quer fora do corpo, não sei; Deus sabe —, foi arrebatado ao terceiro céu.
3 Sim, conheço esse homem que — quer no corpo, quer separado do corpo, não sei; Deus sabe —
4 foi arrebatado para o paraíso e ouviu palavras que não podem ser ditas e que não se permite ao homem falar.
5 Eu me gabarei desse homem, mas não me gabarei de mim mesmo, a não ser das minhas fraquezas.
6 Pois, mesmo que eu quisesse me gabar, eu não seria insensato, porque diria a verdade. Mas evito fazer isso para que ninguém me dê crédito por algo além do que vê em mim ou do que ouve de mim,
7 só porque recebo essas revelações extraordinárias. Para impedir que eu ficasse enaltecido demais, foi-me dado um espinho na carne, um anjo de Satanás, para me esbofetear continuamente, a fim de que eu não me enaltecesse demais.
8 *Três vezes supliquei ao Senhor, (Jeová) pedindo que isso se afastasse de mim* .
9 Mas *ele me disse: “A minha bondade imerecida (GRAÇA)é suficiente para você, pois o meu poder está sendo aperfeiçoado na fraqueza* .” Com muita alegria, então, eu me gabarei das minhas fraquezas, para que o poder do Cristo permaneça sobre mim como uma tenda.

Paulo apenas "orou" e até "suplicou" ao "Senhor" que retirasse o "espinho" sua na carne. Isto não era oração à Jesus. Paulo estava na verdade orando (suplicando) a Jeová!   *Como podemos saber quem era esse "Senhor" que Paulo suplicou três vezes? Pelo contexto. Note que Deus responde a Paulo: Já basta a graça (bondade imerecida) que te dei* . Quem deu a graça ( bondade imerecida) a Paulo?  Paulo tinha todo motivo para enfatizar a benignidade imerecida de Jeová, pois antes ele fora “blasfemador, e perseguidor, e homem insolente”.
“Não obstante”, explica ele, “foi-me concedida misericórdia, porque eu era ignorante e agi com falta de fé. Mas *a benignidade imerecida de nosso Senhor (Jeová)* abundou sobremaneira junto com a fé e o amor que há *em conexão com Cristo Jesus* ”. (1 Tim. 1:13, 14; 1 Cor. 15:10)
Paulo não desprezou essa benignidade imerecida, como alguns fizeram tolamente (Ju 4), mas de bom grado a aceitou com agradecimentos e instou com outros que também a aceitaram a ‘não desacertarem o propósito dela’.  At 20:24; Gál 2:21; 2 Cor. 6:1.
*É possível Jeová ser identificado no Novo testamento como "Senhor"?  Sim observe Jeová ser identificado como "Senhor* "  Mat. 11:25; Apoc 11:15
A oração de Paulo em Atos 22:17 foi à Jesus?
Claro que não! Paulo estava no Templo de Jeová à orar a Jeová seu Deus. Atos 22:14,17. Depois na transe, Paulo conversava com Jesus recebendo instruções. Atos 22:18-21.
 
Paulo sempre orou a Jeová (Ef. 1:16-17), e Jeová lhe respondia às suas orações de muitos modos:
01- Derramando-lhe espírito santo. Atos 13:9.
02- Enviando lhe Jesus. João 15:16; Atos 22:18,19.
03- Tendo sonhos e visões. Atos 22:17.
04- Enviando-lhe anjos. Atos 27:23.
05- Enviando-lhe pessoas fieis. Atos 11:25.
06- Abençoando e dando -lhe poderes. Atos 28:8,9.

ORAÇÃO DO PAI NOSSO
No modelo da oração Pai nosso, por que Jesus não disse Jeová ?
RESPOSTA:
01- A Bíblia que os judeus tinham estava com o nome Divino 7000 vezes.
02- O próprio nome de Jesus já indicava qual era o Nome a ser santificado, pois todos sabiam que Jesus significa: "Jeová é a salvação".
03- Todos judeus eram adoradores de Jeová, inclusive Jesus.
04- O Pai de Jesus e todos é Jeová, o Pai nosso..
05- Nesta oração modelo, Jesus fez questão de afirmar que ele era o Filho unigênito.
06- Jesus mostrou sua íntima relação com Jeová como ninguém tem.
07- Seria ridículo numa época e no país que Jesus pregava a adoração única de Jeová dizer assim: "Jeová nosso que está nos céus". Hoje seria desnecessário dizer que Jeová está no céu.

ORAÇÃO EM "ESPÍRITO"
"ao passo que, com toda forma de oração e súplica, em todas as ocasiões, vocês continuam orando no espírito". Efésios 6:18, leia também Judas 1:20.
01- O que significa orar no ESPÍRITO? Como se ora no espírito? Efésios 6:18.
Resposta: O apóstolo Paulo discursava e orava nas congregações de duas formas:  Em espírito e com palavra de sua própria mente.  1 Cor 14:1-6.
Todavia os dons espirituais não perduram até hoje. 1 Cor. 13:8. Então o que temos de consolo ou ajuda do espírito santo?  Ele nos  faz "lembrar" do que havemos de pedir.   João 14:26     

02- Deus não aceita orações quando não são feitas no espírito?
Resposta: Jeová não mente: Temos que orar a Ele pedindo espírito santo. Isso indica que não são todas as vezes  que oramos em espírito.  Lucas 11:13.
Ocasião significa:Circunstância oportuna para a realização de algo.

Efésios 6:18 diz orar no espírito e em "todas ocasiões". Para orarmos a Deus, jamais precisaríamos  aguardar  ocasiões oportunas, pois, para Deus se ora incessantemente. Mat. 26:40-45.Col. 4:2; 1 Tess 5:17.

Orar em espírito portanto, são em todas situações especiais, ou circunstâncias que se às vezes se configuram.
Em todas circunstâncias  significa que em todas ocasiões que surgirem necessidade é  sugerido que oremos em espírito.
SIGNIFICA isso que todas nossas orações devem ser feitas "em espírito"?

03- Orar no espírito, apoia a ideia que  Jeová não  aceita nenhuma oração sem ser no espírito em consideração a TRINDADE?
Resposta: Trinitários afirmam que sem o espírito santo não se ora e  não se adora Jeová.  Ao lerem que o espírito santo te convence do pecado, concluem que sem ele não podemos adorar e nem, orar a Deus. Isto é falácia, pois Deus sabe que, não são 24 horas da vida que estamos com o espírito Dele. Lucas 11:13

04- Romanos 8:26  fala que o espírito santo ora por nós?
Resposta: Romanos 8:26 diz: "Do mesmo modo, o espírito também nos ajuda na nossa fraqueza; pois o problema é que às vezes não sabemos o que precisamos pedir em oração, mas o próprio espírito intercede por nós com gemidos não pronunciados".

Note no texto que quem faz a oração à Deus é a pessoa e não o espírito santo. Ele apenas intercede na nossa memória o que devemos pedir na oração.
Aliás, não existe nem oração à ele e nem ele ora à alguém .

CONCLUSÃO:
FAZER UM PEDIDO A UM SERVO DE JEOVÁ  DE JOELHO (REPRESENTANTE PRESENCIAL DIRETO), NÃO É ORAÇÃO E NEM ADORAÇÃO!  2 REIS 1:13.

MATÉRIA ADICIONAL
Voltar para o conteúdo