JESUS E O FIM DO MUNDO - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

JESUS E O FIM DO MUNDO

QUANDO COMEÇARÁ A “GRANDE TRIBULAÇÃO”? QUANDO JESUS JULGARÁ “AS OVELHAS” E “OS CABRITOS”? QUANDO JESUS ‘CHEGARÁ’, OU VIRÁ? — MAT. 24:3,21; 25:31-33.

QUANDO COMEÇARÁ A GRANDE TRIBULAÇÃO?
A profecia bíblica revela que a grande tribulação não  começará com uma guerra geral entre nações, (1914) e isso seria somente o “princípio das dores de aflição”. (Mat. 24:8) Mas começará sim  com um ataque à religião falsa.

Qual será o sinal do início da grande tribulação? Jesus predisse que coisa repugnante estaria de pé no lugar santo. “Estar em pé” ocorrerá quando as Nações Unidas (a atual “coisa repugnante”) atacar a cristandade e o restante de Babilônia, a Grande. O mesmo ataque é descrito em Apocalipse 17:16-18. Esse acontecimento será o começo da grande tribulação.

Jeová ‘abreviará’ o ataque das Nações Unidas à religião falsa, não permitindo que a religião verdadeira seja destruída junto com a falsa. Isso garantirá a salvação do povo de Deus.
O que acontecerá depois de ter passado a parte inicial da grande tribulação? As palavras de Jesus indicam que haverá um espaço de tempo que se estenderá até o início do Armagedom, o dia de Jeová. Apoc. 16:14-16.

Que acontecimentos ocorrerão durante esse intervalo?  O abalo geral dos poderes governamentais humanos os “ceus”  atuais e o arrebatamento dos remanescentes ungidos. Mateus 24:29-31.
Depois disso, veremos o Armagedom — o clímax da grande tribulação.Depois da batalha do Armagedom ter passado, começará o Reinado Milenar de Cristo.

QUANDO JESUS JULGARÁ AS OVELHAS E OS CABRITOS?
Quando é que acontece outra parte da profecia de Jesus — a parábola do julgamento das ovelhas e dos cabritos? (Mat. 25:31-46)
A parábola das ovelhas e dos cabritos retrata Jesus primariamente como Juiz. (Mateus 25:31-34, 41, 46.)

Visto que em 1914 (presença) Jesus ainda não estava ativo como Juiz de todas as nações, seu julgamento de pessoas como ovelhas ou cabritos não poderia ter iniciado naquele ano. Quando, então, começará o julgamento de Jesus?
A profecia de Jesus sobre os últimos dias revela que ele agirá pela primeira vez como Juiz de todas as nações após a destruição da religião falsa. Mateus 24:30, 31. Ao examinar esses versículos, notará que Jesus prediz ali acontecimentos similares aos que ele menciona na parábola das ovelhas e dos cabritos.

Por exemplo: o Filho do homem vem com glória e com anjos; todas as tribos e nações são ajuntadas; os que são julgados como ovelhas ‘levantam suas cabeças’, porque os aguarda a “vida eterna”. Os julgados como cabritos ‘se batem em lamento’, sabendo que os aguarda o “decepamento eterno”. — Mat. 25:31-33, 46.

Jesus julgará pessoas de todas as nações como ovelhas ou cabritos quando ele vier na grande tribulação. Daí, no Armagedom, o clímax da grande tribulação, os comparáveis a cabritos serão ‘decepados’ para sempre. Portanto até que comece a grande tribulação, as pessoas ainda terão tempo para mudar sua atitude e começar a andar na estrada apertada “que conduz à vida”. (Mat. 7:13, 14).

QUANDO JESUS CHEGARÁ, OU VIRÁ?
Na parte de sua profecia registrada em Mateus 24:29–25:46, Jesus focaliza principalmente o que acontecerá durante estes últimos dias e durante a vindoura grande tribulação. Ali, Jesus faz oito referências à sua ‘vinda’, ou chegada.

A respeito da grande tribulação, ele diz: “Verão o Filho do homem vir nas nuvens.” “Não sabeis em que dia virá o vosso Senhor.” “O Filho do homem vem numa hora em que não pensais.” ‘O Filho do homem chegará na sua glória.’ (Mat. 24:30, 42, 44; 25:31) Cada uma dessas quatro referências se aplica à futura vinda de Cristo como Juiz.

Continuando Jesus diz: “Feliz aquele escravo, se o seu amo, ao chegar [“tendo vindo”, Kingdom Interlinear (Interlinear do Reino)], o achar fazendo assim.” “Enquanto foram comprá-lo, chegou [“veio”, Int] o noivo.” “Depois de muito tempo voltou [ou veio] o amo daqueles escravos. “Na minha chegada [“tendo vindo”, Int], eu estaria recebendo o meu com juros.” (Mat. 24:46; 25:10, 19, 27)

A que período esses oito exemplos da vinda de Jesus se refere? Que tudo isso acontecerá durante a vindoura grande tribulação. Mat. 24:36.

PERGUNTA DE LEITORES
Por que a tradução da Bíblia "NOVO MUNDO" em Mateus 24:3, traduz a palavra grega "parousia" por presença e as demais traduzem "vinda"?
RESPOSTA: A Palavra "parousia" tem vários sinônimos (Polissemia) e entre eles estão: "Presença" (estar junto a), Vinda (chegada) e outras conotações. A tradução Novo Mundo então, optou por verificar o contexto da Bíblia inteira e o contexto imediato. Nesta verificação do contexto geral e imediato a palvra "presença" se adequa perfeitamente. Veja porque:
a)- Contexto Geral: Todas profecias de Daniel e Apocalipse  apontam para Jesus se tornando Rei no céu em 1914 e reinando em coexistência total com a última potência mundial até sua "volta" no Armagedom. Dan 2:44, Apoc. 12:10,12.
b)- Contexto imediato: "Quando será: a destruição de Jerusalém (70 dC), a "Parousia", (presença) em 1914, e o fim do mundo? (Volta) no Armagedom? Mat. 24:3









MATÉRIAS COMPLEMENTARES




Voltar para o conteúdo