JESUS: E O VERBO ERA DEUS - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

JESUS: E O VERBO ERA DEUS

JOÃO 1:1-4> O VERBO “ERA” DEUS!
“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por INTERMÉDIO dele, e, SEM ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens...E o Verbo se fez carne e habitou entre nós"...Deus nunca foi visto por alguém..." João 1: 1:4;14,18 ”. Trad. João Ferreira Almeida corrigida e atualizada.

"No princípio existia a palavra. E a palavra estava com o Eterno. E a palavra era divina. A palavra estava no princípio com o Eterno. Todas as coisas foram criadas por intermédio da palavra. Sem ela nada do que foi criado se fez. Trad. Israelita

À partir  de quando o Verbo não ERA mais DEUS?
RESPOSTA: Logo após a Criação  de EVA. A Palavra de Deus deixou o domínio celestial para acompanhar todo desenrolar  das profecias bíblicas no JARDIM do ÉDEN E acompanhou todos eventos da NAÇÃO DE ISRAEL como  CHEFE dos anjos. Josué 5:13-15; 1 Coríntios 10:4

CONSIDERAÇÕES SOBRE O TEXTO
“No princípio era o Verbo"
Que "princípio" é este?
É no momento em começaram as criações à dois! Gen.1:1, João 1:1.
Jeová não tem princípio, somente ele é sempiterno. Sal. 90:2
O que significa "era o Verbo" ?
"Era" o Verbo, quer dizer o Verbo, já existia no princípio da criação a dois, a prova é que "o Verbo estava COM "o" Deus". João 1:1a3.
Que contradição seria dizermos que no princípio Jeová já existia!
Seria ilógico dizer que um pessoa já existia se ela NÃO tem origem. (sempiterno), Vide João 1:1,2, Trad. Pastoral.

Antes do princípio, o Verbo existia?  O Verbo por acaso não foi criado? O Pai de Jesus é mais velho que Ele! João 5:26, Dan. 7:13,14, Apoc.3:14.

"E o Verbo estava com Deus"
Na criação do Verbo depois de Jeová estar incontáveis eras sozinho, o Verbo veio a ser Criado. Prov. 8:22,30.  
Jeová passou a criar Jesus à Sua imagem. Col. 1:15.
O Soberano Senhor Jeová não é a imagem de ninguém. Ser imagem de alguém com certeza é ser uma criatura.  
Até na criação do Verbo o tempo não existia, pois só Jeová não é sujeito ao tempo.
Note que à partir da criação do Verbo que o tempo passou existir. Dai para frente Jeová passou a ter a companhia agradável de seu Unigênito.  Portanto o Tempo não foi criado por Jesus.
A interpretação de Isaías. 9:,7 onde Jesus é o "Pai da eternidade é falsa" Isaías. 9:,6,7. Jesus será chamado pelo "nome" "Pai Eterno" dos humanos no trono de Davi, no reino Milenar, quando Cristo levar os humanos a vida eterna. Então Jesus se tornará pai eterno só no FUTURO.  

"E o Verbo "era" Deus"
Como o Verbo poderia ser o DEUS da Bíblia, se ele estava COM “o” (tòv no grego) DEUS?
O Verbo "era" Deus no princípio, (no início da criação até seu término) e posteriormente deixou de ser Deus (pessoa poderosa). O "Logos" depois da Criação Geral veio a estar com a humanidade. Prov. 8:30, e teve várias participações aqui na terra antes de se tornar Jesus o Messias em carne. Josué 5:13-15.
Por fim o "Logos" se tornou um homem perfeito idêntico a ADÃO. 1 Cor. 15:45,46.

Já viu dizer que Jeová era Deus? O Verbo "era" Deus no princípio da criação, mas, e antes e depois de sua criação?  Fil 2:7, Miq 5:2. Como Jesus poderia ser O Deus da Bíblia se ele estava com "O" DEUS NO PRÍNCIPIO? (da criação)
Por que Jesus era "Deus" só durante a Criação? Imagine o poderio dado por Jeová (Apoc. 3:1, Gên 1:2) à Jesus para aceitar o convite (Gên. 1:26) e participar em toda criação como mestre de Obras de Deus!
Já notou como e para quem a Bíblia dá o título “Deus”?
"Todos os povos caminham, cada qual em nome do seu deus; nós, porém, caminhamos em nome de Javé, nosso Deus para sempre"!  Miq. 4:5 Trad. Pastoral

Já leu na Bíblia que Jesus será adorador subalterno à Jeová depois do milênio e eternamente?  Apoc. 3:12, 1 Cor.15:24-28.
Por que a Bíblia não tem expressões diretas tais como: "Deus Filho", "Jesus é Deus", "Trindade"?
Analise o poder que Jeová deu à Moisés se comparado ao poder dado a Jesus, o poder de Moisés não teve significância.  Mesmo assim Jeová chamou Moisés de DEUS. Êx. 4:16; 7:1.
À partir  de quando o Verbo não ERA mais DEUS?
RESPOSTA: Logo após a Criação  de EVA. A Palavra de Deus deixou o domínio celestial para acompanhar todo desenrolar  das profecias bíblicas no JARDIM do ÉDEN E acompanhou todos eventos da NAÇÃO DE ISRAEL como  CHEFE dos anjos. Josué 5:13-15; 1 Coríntios 10:4


"Ele estava no princípio com Deus".
Como o Verbo poderia ser o DEUS da Bíblia, se ele estava no princípio (Na criação geral), com Jeová que não tem princípio?  Alguns chegar a afirmar que Jesus o é próprio Jeová. (unicistas)
Conforme visto nos parágrafos anteriores, antes do principio da criação geral Jesus ainda não existia. Prov. 8:22,30
Pode DEUS estar com Deus no princípio da criação? Jesus afirmou categoricamente que existe um único DEUS verdadeiro. João 17::3. Será que são dois únicos Deuses? Não se chama isso politeísmo?
Se o espírito santo fosse pessoa, por que ele NÃO estava com Deus também? João 1:1,2.

"Todas as coisas foram feitas POR INTERMÉDIO dele ou por meio dele, e, SEM ele, nada do que foi feito se fez"
O que é ser "intermediário" na criação de tudo? Será que o intermediário neste contexto é o próprio criador?
SEM" (na ausência) DELE (JESUS) nada se fez!  (INTERMEDIÁRIO). Se Jesus estivesse SOZINHO, então para que dizer "SEM" ELE, se não sobraria NINGUÉM? João 1:3, Mateus 19:4, Gen.2:4, Prov. 8:30.

Se o Verbo fosse um Criador junto com Jeová, O grandioso Criador,( Ecles.12:1), por que na Bíblia não tem a palavra criadores? Mat 19:4,5

Quem nega que Jeová enaltece Jesus na segunda posição do universo? É claro que isto dá o direito de Jeová dar o título “Deus” (poderoso) para o Verbo. Is. 9:6,7.
Por que Jeová deu este título a Jesus? Notou que Jesus é o intermediário na criação de tudo? E você onde quer colocar Jesus? Será que numa parte da tríade? A Bíblia tem sua posição clara. Fil. 2:9, 1 Cor 11:3, Apoc 3:12.

Por que Jesus atribuiu a criação ao seu PAI? Por que a Bíblia não chama o Verbo diretamente de Criador? Mat 19:4,5. Já percorreu toda a Escritura Sagrada em encontrou Jesus sendo chamado de Criador diretamente? Ou encontrou "formador", "fazedor" por meio dele, intermediário na Criação, Etc?

"A vida estava nele e a vida era a luz dos homens"
Teólogos e estudantes da Bíblia ao lerem este versículo preconizam que Jesus é o nosso criador. Mas na realidade criador é somente Jeová. Ele é corretamente chamado em salmo 36:9 de manancial ou FONTE da vida. Jesus simplesmente foi convidado para participar na criação Geral como mestre de Obras, e Deus lhe forneceu o projeto e a ferramenta toda poderosa, o Seu espíríto santo. Sal. 104:30.
Mas Jesus não é o "autor", "criador" da vida em Atos 3:15? Não, até mesmo a Trad. Almeida, Jerusalém, traduzem por "Agente", "chefe", "princípe" considerando que a fonte primária (manancial) da Vida é apenas Jeová. Sal 36:9.  
Jesus quando esteve na terra era a "luz dos homens" Lucas 2:32.

"O Verbo se fez carne e habitou entre nós".
Como o Verbo poderia ser o DEUS da Bíblia, se ele estava COM “o” (tòv no grego) DEUS?
Parou de ser Deus (pessoa poderosa) quando se fez carne? Sim,  Todos viram o Verbo encarnado, e a Bíblia diz: ninguém jamais viu a Deus! João 1:18. Já viu um DEUS HOMEM? Oséias 11:9, Fil.2:7,8.

Será que Jesus sendo carne continuou com a NATUREZA DIVINA? Ou se despojou dela e assumiu a outra NATUREZA a HUMANA? Fil. 2:7.
Já pensou se o Verbo  em carne continuasse sendo Deus, que vexame seria ver Deus sendo tentado pelo diabo e sendo provado se Deus adoraria ou não o diabo? Mat. 4:1-10.
Já pensou se o Verbo  em carne continuasse sendo Deus, que vexame seria ver Deus sendo tentado pelo diabo e sendo provado se Deus adoraria ou não o diabo? Mat. 4:1-10.

"Deus nunca foi visto por alguém".
Se o Verbo é Jeová que se fez carne e se tornou visível a todos, como que jamais viram a DEUS? E por que Maria não é mãe de DEUS? João 1:18, Oséias 11:9.
O Verbo deixou de ser Deus  e veio a ser menino, moço, homem perfeito, servo de Jeová  e morreu e foi enaltecido novamente! Sabes o peso que é dizer, que o Deus todo poderoso, altíssimo deixou seu lugar para nascer na barriga duma pecadora e ser servo humano do Deus altíssimo? Até de precisar frequentar um banheiro, para necessidades? 1 Reis 18:27. Será que eles são os mesmos?
A palavra ou título "Deus" tem conotação de pessoa poderosa: Jesus é poderoso, mas não todo poderoso como Jeová. Êx. 4:16, 7:1, Ex 6:3.

QUESTIONAMENTO DE LEITORES
Por que a TNM traduz João 1:1 "deus"para o Verbo em letra minúscula sem o artigo definido "ho" e nos demais versículos de João Capítulo 1:6,12,18 , traduz "Deus" com letra maiúscula mesmo sem ter o artigo definido "ho"? A regra não é a mesma, quando não aparece o artigo definido "ho"?
RESPOSTA:
A Bíblia confirma: Só há um Deus verdadeiro. 1 Cor. 8:5,6. Então todos os demais intitulados "Deus" significam pessoas poderosas. Jeová designa e chama de DEUS quem ele quer! ÊX. 4:16.
Em João 1:1 menciona primeiro O um só Deus! Depois menciona-se outra pessoa ao lado Dele  alguém intitulado "Deus".  Quantas pessoas no versus João 1:1 foram intituladas de Deus? Apenas o Verbo, pois Jeová é O Deus com quem o verbo estava. Observe que só primeiro "Deus" tem "ho" Theos. A conclusão é automaticamente: O segundo "Theos" é considerado "deus".(Pessoa poderosa)

Quanto a regra de traduzir DEUS em maiúsculo sem "ho" é quando o texto e contexto mencionam apenas um só pessoa, veja que no caso os dois são chamados de Theos (Deus).
Existe até na Bíblia, DEUS HUMANO com "D" MAIÚSCULO. ÊX.4:16


JOÃO 1:1-2 EM OUTRAS TRADUÇÕES
“A Palavra Era Deus”EM JOÃO 1:1, a versão Almeida diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” Os trinitaristas afirmam que isso significa que “o Verbo” [ou, “a Palavra”] (grego: ho lógos) que veio à terra como Jesus Cristo era o próprio Deus Todo-poderoso. Note, porém, que novamente neste caso o contexto estabelece a base para o entendimento correto. Até mesmo a versão Almeida diz: “O Verbo estava com Deus.” (O grifo é nosso.)

Alguém que está “com” outra pessoa não pode ser ao mesmo tempo aquela outra pessoa. De acordo com isso, a Journal of Biblical Literature (Revista de Literatura Bíblica), editada pelo jesuíta Joseph A. Fitzmyer, observa que se a última parte de João 1:1 fosse interpretada como significando “o” Deus, isso “contradiria a expressão anterior” que diz que a Palavra [ou, o Verbo] estava com Deus.

Note, também, como outras versões traduziram esta parte do versículo: 1808: “e a palavra era um deus.” The New Testament in an Improved Version, Upon the Basis of Archbishop Newcome’s New Translation: With a Corrected Text. 1864: “e um deus era a palavra.” The Emphatic Diaglott, versão interlinear, de Benjamin Wilson. 1928: “e a Palavra era um ser divino.” La Bible du Centenaire, L’Evangile selon Jean, de Maurice Goguel. 1935: “e a Palavra era divina.” The Bible—An American Translation, de J. M. P. Smith e E. J. Goodspeed. 1946: “e a Palavra era de espécie divina.” Das Neue Testament, de Ludwig Thimme. 1950: “e a Palavra era [um] deus.” Tradução do Novo Mundo das Escrituras Gregas Cristãs. 1958: “E a Palavra era um Deus.”

The New Testament, de James L. Tomanek. 1975: “e um deus (ou: da espécie divina) era a Palavra.” Das Evangelium nach Johannes, de Siegfried Schulz. 1978: “e da sorte semelhante a Deus era o Logos.” Das Evangelium nach Johannes, de Johannes Schneider. Em João 1:1 ocorre duas vezes o substantivo grego the·ós (deus). A primeira ocorrência se refere ao Deus Todo-poderoso, com quem a Palavra estava (“e a Palavra [lógos] estava com Deus [uma forma de theós]”).

Este primeiro theós é precedido pela palavra ton (o), uma forma do artigo definido grego que aponta para uma identidade distinta, neste caso o Deus Todopoderoso (“e a Palavra estava com o Deus”). Por outro lado, não existe artigo antes do segundo theós, em João 1:1. Assim, uma tradução literal seria “e deus era a Palavra”.

Todavia, temos visto que muitas versões traduzem este segundo theós (um substantivo predicativo) como “divino”, “semelhante a Deus”, ou “um deus”. Com que autoridade fazem isso? A língua grega coiné tinha artigo definido (“o”), mas não tinha artigo indefinido (“um”). Assim, quando um substantivo predicativo não é precedido por artigo definido, pode ser indefinido, dependendo do contexto.

A Revista de Literatura Bíblica diz que expressões “com um predicativo anartro [sem artigo] precedendo ao verbo, têm primariamente sentido qualificativo”. Como diz a Revista, isto indica que o lógos pode ser assemelhado a um deus.


ALGUMAS PESSOAS QUE NEGAM JESUS SER O DEUS DA BÍBLIA
01- JEOVÁ >> Is. 44:6
02- JESUS >> João 17:3
03- JEREMIAS >> Jer 10:6
04- SAMUEL >> 2 Sam 22:32
05- Os 144.000 >> Apoc. 5:9,10
06- PAULO >> 1 Cor. 8:4-6
07- JUDAS >> Jud. 1:25

PESSOAS A QUEM JEOVÁ DEU O TÍTULO DE DEUS
01- O Pai chamou Moisés de DEUS. Êx.4:16, 7:1.
02- O Pai chamou os Juízes de Israel de DEUS. Sal 82:1a6.
03- O Pai chamou os Governantes de Israel de DEUS. Zac.12:8.
04- A Bíblia chama o DIABO de DEUS. 2 Cor.4:4.
05- O Pai chama a BOA SORTE e o DESTINO de DEUS. Is.65:11.
06- O Pai chamou o filho de DEUS. Jo.1:1a2.
07- Os deuses falsos. Juízes 16:23
08- Então quem é O DEUS da bíblia? Is.44:6, Judas 25, 1Cor.8:6.

CONCLUSÃO FINAL:
Verifique se a afirmação (inversa) está correta:
"Antes do princípio (da criação) o Verbo não existia, e o Verbo não estava com "O" Deus e o Verbo não era Deus. Ele não estava com "O" Deus."

Jeová estava sozinho antes da criação do seu MAIOR FILHO.
O Pai é sempre mais velho que o Filho. (Ancião de Dias) Dan. 7:13,14.
O Pai do Verbo (Palavra) é sempiterno. Sal 90:2. (Eterno para frente e para trás).
O Filho herdou a eternidade para frente do Pai. João 5:26.
O Filho é a IMAGEM de Jeová! E Jeová é a IMAGEM de quem? Col. 1:15.
O Pai não tem um Deus para si! O Filho tem um Deus para Ele. Apoc 3:12.

CONCLUSÃO
Como pode um filho ter a mesma idade do pai? Dan. 7:13
Como um filho pode não ter origem?
Como Deus precisa ganhar a eternidade? João 5:26
Como o Deus da Bíblia pode ser dois em um?
Como um Deus pode adorar outro Deus? Apoc: 3:12
Como Deus pode virar homem? Oséias 11:9
Como Deus pode esconder que ele é Deus?
Como Deus pode ter cabeça para si? 1 Cor 11:3
Como Deus pode ser uma entidade de deuses?
Como pode Deus não ter nome próprio? Sal. 83:18.
Como Deus pode indicar adoração para outro Deus? João 5:22-24.
Como pode Deus não receber orações? Sal. 65:2.
Como pode existir dois (2) únicos Deus verdadeiros?
O VERBO É DEUS?
Jesus é a Palavra que revela Deus aos homens (prólogo)
" No começo a Palavra existia: a Palavra estava voltada para Deus, e a  Palavra era Deus. No começo ela estava voltada para Deus. Tudo foi feito por meio dela, e, de tudo oque existe, nada foi feito sem ela". TRAD. PASTORAL ON LINE, ED. PAULUS.
CONSIDERAÇÕES
01- Se a Palavra (Verbo) é SEMPITERNA (eterna pra trás e para frente), por que dizer que ELA já existia?
02- Como pode a Palavra estar "voltada" para Deus se Ela era Deus?
03- Como pode-se afirmar que Deus "era" DEUS? (Blasfêmia)
04- Como pode a PALAVRA ser criadora de tudo, se SÓ EXISTE um criador na bíblia? (Mat. 19:4,5, Ecl. 12:1). Não é melhor dizer que a Palavra é o MESTRE DE OBRAS de Deus?
05- Por que não se vê três Seres no princípio da criação? Não seria uma blasfêmia ignorar a terceira suposta pessoa?

PERGUNTAS IMPOSSÍVEIS DOS ADORADORES DE JESUS RESPONDEREM!
01- Por que não existe ADORAÇÃO à Jesus antes dele descer na Terra?
02- Por que Jesus na Terra, determinou que ADORAÇÃO ABSOLUTA seria apenas para Seu PAI Jeová? Mat. 4:10.
03- Por que ele aqui, só foi "adorado" (prestar homenagem, como homens também receberam) " só três anos e meio depois do seu batismo? Dan. 2:46, 2 Reis 1:13.
04- Por que Jesus no céu não foi ADORADO por todas criaturas de Jeová?
05- Por que será que todos no céu, não entenderam que Jesus era Deus no lugar do Soberano Universal? Apoc. 3:12.
06- Por que Jesus no céu não sabe de Tudo? Apoc. 1:1.
07- Por que não oram à Jesus no céu?
08- Por que Jesus no céu tem um Deus e Pai? Apoc. 3:12.
09- Por que Jesus não está num trono com todas criaturas lá no céu diante dele?
10- Por que Jesus no céu foi rebaixado à ARCANJO? Apoc. 12:7-9
11- Por que no milênio Jesus não é chamado de Deus? Apoc. 22:1.
12- Por que Jesus no céu precisa de ser abençoado por Jeová? Apoc. 3:1.
13- Por que todas perguntas acima só ACONTECEM para JEOVÁ?
14- Por que Jesus é chamado de príncipe e Jeová não aceita este título?
15- Por que Jesus não soube escrever o livro de Apocalipse?  Apoc. 1:1.
16- Por quê Jesus não recebe culto em Apocalipse 7:15 e 22:3,4 mesmo estando ao lado do Pai?
17- Se Jesus é Deus, por que ele trabalha como sumo sacerdote no Templo do Deus Jeová? Heb. 9:24,25

MATÉRIAS ADICIONAIS













NO PRINCÍPIO ERA A PALAVRA
No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus.” — João 1:1, Nova Versão Internacional.

Explicação de João 1:1
Esse texto mostra alguns detalhes da vida de Jesus antes de ele vir para a Terra como humano. (João 1:14-17) No versículo 14, a expressão “a Palavra” (ou “o Logos”, em grego, ho lógos) é usada como um título. Pelo visto, esse título descreve o papel de Jesus em transmitir os mandamentos e as orientações de Deus para outros. Jesus continuou a transmitir as mensagens de Deus durante o seu ministério na Terra e depois que retornou para o céu. — João 7:16; Apocalipse 1:1.

A expressão “no princípio” se refere à época em que Deus começou suas obras criativas e criou a Palavra. Depois disso, Deus usou a Palavra para criar todas as outras coisas. (João 1:2, 3) A Bíblia mostra que Jesus é “o primogênito de toda a criação” e que “por meio dele foram criadas todas as outras coisas”. — Colossenses 1:15, 16.

A frase “a Palavra era um deus” explica que, antes de vir para a Terra, Jesus tinha uma natureza divina, ou semelhante a um deus. Ele pode ser descrito dessa maneira porque é o Porta-Voz de Deus e por causa da posição especial dele como o primeiro Filho de Deus, com quem Deus trabalhou para criar todas as outras coisas.

Contexto de João 1:1
O livro bíblico de João é um relato sobre a vida e o ministério de Jesus na Terra. Os primeiros versículos do primeiro capítulo falam da vida pré-humana de Jesus, do seu relacionamento especial com Deus e da função importante que ele tem nos tratos de Deus com os humanos. (João 1:1-18) Esses detalhes nos ajudam a entender o que Jesus disse e fez durante o seu ministério na Terra. — João 3:16; 6:38; 12:49, 50; 14:28; 17:5.

Ideias erradas sobre João 1:1
Ideia errada: A última frase de João 1:1 deveria ser traduzida “a Palavra era Deus”.

Fato: Muitos tradutores da Bíblia traduzem esse versículo assim, mas outros acham necessário traduzir de outra forma. No texto original, existe uma diferença gramatical entre as duas vezes que a palavra “Deus” (em grego, theós) aparece em João 1:1. Em grego, na primeira ocorrência é usado o artigo definido antes da palavra “Deus” e, na segunda ocorrência, esse artigo não é usado. Muitos estudiosos dizem que o fato de o artigo definido não aparecer antes do segundo theós é significativo. Por exemplo, O Novo Testamento do Tradutor * diz o seguinte sobre a ausência do artigo definido: “De fato, dá a qualidade de adjetivo ao segundo uso de Theos (Deus), de modo que a frase significa: ‘A Palavra era divina.’” (Tradução nossa.) Outros estudiosos * e traduções da Bíblia também reconhecem essa distinção. — Veja “ João 1:1 em outras traduções da Bíblia”.

Ideia errada: Esse texto ensina que a Palavra é o Deus Todo-Poderoso.

Fato: A declaração “a Palavra estava com Deus” mostra que esse versículo está falando de duas pessoas diferentes. Seria impossível a Palavra estar “com Deus” e ao mesmo tempo ser o Deus Todo-Poderoso. O contexto também dá a certeza de que a Palavra não é o Deus Todo-Poderoso. João 1:18 diz que “nenhum homem jamais viu a Deus”. Mas as pessoas viram a Palavra, ou seja, Jesus, porque João 1:14 diz que “a Palavra se tornou carne e residiu entre nós, e nós vimos a sua glória”.

Ideia errada: A Palavra sempre existiu.

Fato: A expressão “no princípio” usada nesse texto não pode se referir ao “princípio” de Deus, porque Deus não teve princípio, ou começo. Jeová * Deus existe “de eternidade a eternidade”. (Salmo 90:1, 2) Mas a Palavra, Jesus Cristo, teve um princípio. Ele é “o princípio da criação de Deus”. — Apocalipse 3:14.

Ideia errada: Chamar a Palavra de “um deus” ensina o politeísmo, ou seja, a adoração de muitos deuses.

Fato: A palavra grega para “Deus” ou “deus” é theós. Essa palavra muitas vezes corresponde às palavras hebraicas ʼel e ʼelohím, que eram usadas no que é conhecido como Velho Testamento. Entende-se que essas palavras hebraicas significam basicamente “poderoso, forte”, e são usadas para se referir ao Deus Todo-Poderoso, a outros deuses e até a humanos. (Salmo 82:6; João 10:34) Com certeza, Jesus, a Palavra, pode ser descrito como poderoso, porque foi por meio dele que Deus criou todas as outras coisas. (João 1:3) Chamar a Palavra de “um deus” está de acordo com a profecia de Isaías 9:6, que predisse que o escolhido de Deus, o Messias ou Cristo, seria chamado de “Deus Poderoso” (em hebraico, ’El Gibbóhr), mas não de “Deus Todo-Poderoso” (em hebraico, ’El Shaddaí, como aparece em Gênesis 17:1; 35:11; Êxodo 6:3; Ezequiel 10:5.)

A Bíblia não ensina o politeísmo. Jesus Cristo disse: “Adore a Jeová, seu Deus, e preste serviço sagrado apenas a ele.” (Mateus 4:10) A Bíblia declara: “Pois, embora haja os que são chamados deuses, quer no céu, quer na terra, assim como há muitos ‘deuses’ e muitos ‘senhores’, para nós há realmente um só Deus, o Pai, de quem procedem todas as coisas, e nós existimos para ele; e há um só Senhor, Jesus Cristo, por meio de quem são todas as coisas, e nós existimos por meio dele.” — 1 Coríntios 8:5, 6.

JOÃO 1:1 EM VÁRIAS TRADUÇÕES.
“Em princípio (N[o] começo) era (existia) a Palavra, e a Palavra estava junto a o Deus (na presença de Deus) (com Deus) e Deus era a Palavra (a Palavra era divina).” — O Novo Testamento Interlinear, 2003, de Waldyr Carvalho Luz.

“No princípio a Palavra existia. A Palavra estava com Deus, e a Palavra era divina.” — The Bible — An American Translation (A Bíblia — Uma Tradução Americana), 1935, de J.M.P. Smith e E. J. Goodspeed, tradução nossa.

“O Logos existia no princípio de tudo, o Logos estava com Deus, o Logos era divino.” — The Bible — Containing the Old and New Testaments (A Bíblia — Contendo o Velho e o Novo Testamento), 1950, de James Moffatt, tradução nossa.

“A Palavra estava no princípio, e a palavra estava com Deus, e a palavra era um deus.” — The New Testament in an Improved Version (O Novo Testamento numa Versão Aprimorada), 1808, editado por Thomas Belsham, baseado em uma tradução do Novo Testamento de William Newcome, tradução nossa.

“No princípio era a Palavra. E a Palavra estava com Deus. Então a Palavra era divina.” — The Authentic New Testament (O Novo Testamento Autêntico), 1958, de Hugh J. Schonfield, tradução nossa.

"No começo a Palavra já existia: a Palavra estava voltada para Deus, e a Palavra era Deus.  No começo ela estava voltada para Deus". Trad. Pastoral

“A Palavra Era Deus”EM JOÃO 1:1, a versão Almeida diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” Os trinitaristas afirmam que isso significa que “o Verbo” [ou, “a Palavra”] (grego: ho lógos) que veio à terra como Jesus Cristo era o próprio Deus Todo-poderoso. Note, porém, que novamente neste caso o contexto estabelece a base para o entendimento correto. Até mesmo a versão Almeida diz: “O Verbo estava com Deus.” (O grifo é nosso.)

Alguém que está “com” outra pessoa não pode ser ao mesmo tempo aquela outra pessoa. De acordo com isso, a Journal of Biblical Literature (Revista de Literatura Bíblica), editada pelo jesuíta Joseph A. Fitzmyer, observa que se a última parte de João 1:1 fosse interpretada como significando “o” Deus, isso “contradiria a expressão anterior” que diz que a Palavra [ou, o Verbo] estava com Deus.

Note, também, como outras versões traduziram esta parte do versículo: 1808: “e a palavra era um deus.” The New Testament in an Improved Version, Upon the Basis of Archbishop Newcome’s New Translation: With a Corrected Text. 1864: “e um deus era a palavra.” The Emphatic Diaglott, versão interlinear, de Benjamin Wilson. 1928: “e a Palavra era um ser divino.” La Bible du Centenaire, L’Evangile selon Jean, de Maurice Goguel. 1935: “e a Palavra era divina.” The Bible—An American Translation, de J. M. P. Smith e E. J. Goodspeed. 1946: “e a Palavra era de espécie divina.” Das Neue Testament, de Ludwig Thimme. 1950: “e a Palavra era [um] deus.” Tradução do Novo Mundo das Escrituras Gregas Cristãs. 1958: “E a Palavra era um Deus.”

The New Testament, de James L. Tomanek. 1975: “e um deus (ou: da espécie divina) era a Palavra.” Das Evangelium nach Johannes, de Siegfried Schulz. 1978: “e da sorte semelhante a Deus era o Logos.” Das Evangelium nach Johannes, de Johannes Schneider. Em João 1:1 ocorre duas vezes o substantivo grego the·ós (deus). A primeira ocorrência se refere ao Deus Todo-poderoso, com quem a Palavra estava (“e a Palavra [lógos] estava com Deus [uma forma de theós]”).

Este primeiro theós é precedido pela palavra ton (o), uma forma do artigo definido grego que aponta para uma identidade distinta, neste caso o Deus Todopoderoso (“e a Palavra estava com o Deus”). Por outro lado, não existe artigo antes do segundo theós, em João 1:1. Assim, uma tradução literal seria “e deus era a Palavra”.

Todavia, temos visto que muitas versões traduzem este segundo theós (um substantivo predicativo) como “divino”, “semelhante a Deus”, ou “um deus”. Com que autoridade fazem isso? A língua grega coiné tinha artigo definido (“o”), mas não tinha artigo indefinido (“um”). Assim, quando um substantivo predicativo não é precedido por artigo definido, pode ser indefinido, dependendo do contexto.

A Revista de Literatura Bíblica diz que expressões “com um predicativo anartro [sem artigo] precedendo ao verbo, têm primariamente sentido qualificativo”. Como diz a Revista, isto indica que o lógos pode ser assemelhado a um deus.


CONCLUSÃO
EM OUTRAS SIMPLES PALAVRAS:   No princípio da criação geral,  a Palavra já existia. (já havia sido criada)  E estava com Jeová. Nesta ocasião  A Palavra participou  como intermediária na criação de tudo com Jeová. Por isso a Palavra era Deus!
Voltar para o conteúdo