JESUS: "EU SOU" - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

JESUS: "EU SOU"

João 8:56 Abraão, o pai de vocês, alegrou-se muito com a perspectiva de ver o meu dia, e ele o viu e se alegrou.”
ABRAÃO  VIU  DIA DE JESUS
A cidade que Abraão aguardava é o Reino de Deus. Esse Reino é formado por Jesus e por 144 mil cristãos ungidos. Paulo se refere a esse Reino como “uma cidade do Deus vivente, a Jerusalém celestial”. Heb. 12:22; Apo. 5:8-10; 14:1
Jesus ensinou seus discípulos a orar por esse mesmo Reino e a pedir que ele viesse para que a vontade de Deus fosse feita na Terra como é feita no céu.
Mat. 6:10.

Será que Abraão sabia dos detalhes de como o Reino de Deus estaria organizado? Não. Por centenas de anos, esses detalhes foram um “segredo sagrado”. (Efé. 1:8-10; Col. 1:26, 27)
Mas Abraão sabia que alguns dos seus descendentes se tornariam reis. O próprio Jeová tinha prometido isso para ele. (Leia Gênesis 17:1, 2, 6.) E Abraão tinha uma fé tão forte nas promessas de Deus que era como se ele pudesse ver aquele que seria o Rei do Reino de Deus, o Ungido, ou Messias. Foi por isso que Jesus disse aos judeus dos seus dias: “Abraão, o pai de vocês, alegrou-se muito com a perspectiva de ver o meu dia, e ele o viu e se alegrou.” (João 8:56)

Fica claro que Abraão sabia que seus descendentes formariam um Reino que teria o apoio de Jeová, e ele estava disposto a aguardar Jeová cumprir a promessa que tinha feito.
Como Abraão mostrou que estava aguardando a cidade, ou Reino, projetada por Deus? Primeiro, Abraão não se associou a nenhum governo humano. Ele continuou a viver como nômade, se mudando de um lugar para outro, sem apoiar nenhum rei humano. Além disso, Abraão não tentou ter seu próprio reino. Em vez disso, continuou obedecendo a Jeová esperando que ele cumprisse sua promessa. Por fazer isso, Abraão mostrou que sua fé em Jeová era muito grande.


*JESUS DISSE "EU SOU" EM QUE SENTIDO* ?
*Será que JESUS em João 8:58, citou "EU SOU" de  Êxodo 3:14? Se caso citou "EU SOU" de Êxodo 3:14, o Jesus tinha em mente PROVAR* ?
a)- Que ele Era o Deus Jeová?
b)- Que ele era Deus ou  igual a Deus?
c)- Que ele já existia nos dias da sarça ardente *como anjo representante de Jeová* ?
Para  RESPONDER corretamente as perguntas acima é IMPERATIVO conhecer o RELATO DO ESPINHEIRO ardente, do modo que Jesus conhecia.

JESUS O ANJO DO ESPINHEIRO ARDENTE
ÊXODO 3:1-16; 4:4;   
1 Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e, levando o rebanho para o lado ocidental do deserto, *chegou ao monte de Deus, a Horebe*.
2 *Apareceu-lhe o Anjo do Senhor (JEOVÁ) numa chama de fogo, no meio de uma sarça* ; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia.
3 Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima?
4 *Vendo o Senhor (JEOVÁ) que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui* !
5 *Deus (através do anjo) continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa* .
6 *Disse (Através do anjo)mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó* . Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.   Êxodo 3:1-6 ARA
11 Então, disse Moisés a Deus: Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de Israel?
12 Deus lhe respondeu: Eu serei contigo; e este será o sinal de que eu te enviei: depois de haveres tirado o povo do Egito, servireis a Deus neste monte.
13 *Disse Moisés a Deus* : Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós outros; *e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes direi* ?
14 *Disse Deus a Moisés: Eu Sou o Que Sou* . Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: *Eu Sou me enviou a vós outros* .
15 *Disse Deus ainda mais a Moisés* : Assim dirás aos filhos de Israel: *O Senhor (Jeová) , o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó* , me enviou a vós outros; *este é o meu nome eternamente, e assim serei lembrado de geração em geração*. Êxodo 3:11-15;

OBSERVAÇÃO: Jesus é o anjo no espinheiro ardente que faz a interlocução, apresentando-se em nome de Jeová. Este é o costume de muitos anjos e é comum na Bíblia no velho testamento.  Gênesis Capítulos 18 e 19.

ATOS 7:1-3, 28-33; 35-39.
1 Então, lhe perguntou o sumo sacerdote: Porventura, é isto assim?
2 Estêvão respondeu: Varões irmãos e pais, ouvi. O Deus da glória apareceu a Abraão, nosso pai, quando estava na Mesopotâmia, antes de habitar em Harã,
3 e lhe disse: Sai da tua terra e da tua parentela e vem para a terra que eu te mostrarei. Atos 7:1-3

28 Acaso, queres matar-me, como fizeste ontem ao egípcio?
29 A estas palavras Moisés fugiu e tornou-se peregrino na terra de Midiã, onde lhe nasceram dois filhos.
30 Decorridos quarenta anos, *apareceu-lhe, no deserto do monte Sinai, um anjo, (Jesus) por entre as chamas de uma sarça que ardia* .
31 Moisés, porém, diante daquela visão, ficou maravilhado e, aproximando-se para observar, ouviu-se a voz do Senhor (Jeová):
32 Eu sou o Deus dos teus pais, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. Moisés, tremendo de medo, não ousava contemplá-la.
33 Disse-lhe o Senhor: Tira a sandália dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. Atos 7:28-33

35 A este Moisés, a quem negaram reconhecer, dizendo: Quem te constituiu autoridade e juiz? *A este enviou Deus como chefe e libertador, *com a assistência do anjo (Jesus) que lhe apareceu na sarça*.
36 Este os tirou, fazendo prodígios e sinais na terra do Egito, assim como no mar Vermelho e no deserto, durante quarenta anos.
37 *Foi Moisés quem disse aos filhos de Israel: Deus vos suscitará dentre vossos irmãos um profeta semelhante a mim (Jesus* ).
38 É este Moisés quem esteve na congregação no deserto, *com o anjo que lhe falava no monte Sinai e com os nossos pais; o qual recebeu palavras vivas para no-las transmitir* .
39 A quem nossos pais não quiseram obedecer; antes, o repeliram e, no seu coração, voltaram para o Egito, Atos 7:35-39. ARA

OBSERVAÇÃO: Jesus é o anjo no espinheiro ardente que faz a interlocução, apresentando-se em nome de Jeová. Este é o costume de muitos anjos e é comum na Bíblia no velho testamento.  Gênesis Capítulos 18 e 19.


"EU SOU" NO EVANGELHO DE JOÃO
*No capítulos 8:51-59 do evangelho de João, Jesus ao conversar com Judeus e fariseus apóstatas afirmou ou quis dizer o que em João 8:58* ?
a)- Que ele era Deus?
b) Que ele era Jeová?
c)- Que ele era igual a Deus ?
d)- Que ele já existia no relato da sarça ardente com anjo representante de Jeová?

51 Em verdade, em verdade vos digo: *se alguém guardar a minha palavra, não verá a morte, eternamente* .
52 Disseram-lhe os judeus: *Agora, estamos certos de que tens demônio. Abraão morreu, e também os profetas, e tu dizes: Se alguém guardar a minha palavra, não provará a morte, eternamente* .
53 *És maior do que Abraão, o nosso pai, que morreu? Também os profetas morreram. Quem, pois, te fazes ser*?
54 Respondeu Jesus: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória nada é; quem me glorifica é meu Pai, o qual vós dizeis que é vosso Deus.
55 Entretanto, vós não o tendes conhecido; eu, porém, o conheço. Se eu disser que não o conheço, serei como vós: mentiroso; mas eu o conheço e guardo a sua palavra.
56 *Abraão, vosso pai, alegrou-se por ver o meu dia, viu-o e regozijou-se* .
57 Perguntaram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinquenta anos e viste Abraão?
58 Respondeu-lhes Jesus: *Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, Eu Sou* .
59 *Então, pegaram em pedras para atirarem nele*; mas Jesus se ocultou e saiu do templo. João 8:51-59

OBSERVAÇÕES Jesus ao dizer "eu sou" queria dizer: Eu já existia, pois fui o anjo que disse "eu sou" em nome de Jeová!


FALSAS PROVAS PARA MATAREM JESUS
Veja as falsas acusações para poderem matar Jesus:
01- Se fazia de Deus. João 10:33. Jesus não confirmou. João 10:33,34
02- Não guardava o sábado. João 9:16. Jesus não confirmou. Mateus 12:1-8.
03- Iria demolir o templo judaico. Mateus 26:59-61
04- Reconstruiria outro templo em 3 dias. Mateus 26:61
05- Queria mudar a Leis e os costumes Judaicos.
06- Sedição contra o Rei Cezar. Mateus 27:11,12
07- Mentia ao afirmar que era o Filho de Deus. Mateus 26:63-66, 68
Portanto utilizar falsas acusações de judeus apóstatas não serve para provar que Jesus é Deus.

“Eu Sou”
EM JOÃO 8:58, várias traduções, como A Bíblia de Jerusalém, apresentam Jesus como dizendo: “Antes que Abraão existisse, EU SOU.” Ensinava Jesus ali, como afirmam os trinitaristas, que ele era conhecido pelo título “Eu Sou”? E, como afirmam, significa isso que ele era o Jeová das Escrituras Hebraicas, visto que a versão Almeida (Al) diz em Êxodo 3:14: “Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU”? Em Êxodo 3:14 (Al) a expressão “EU SOU” é usada como título para Deus, para indicar que ele realmente existia e que cumpriria o que prometera.

O The Pentateuch and Haftorahs (O Pentateuco e as Haftorás), editado pelo Dr. J. H. Hertz, diz sobre essa expressão: “Para os israelitas em cativeiro, o significado seria ‘Embora Ele ainda não tenha demonstrado Seu poder para convosco, Ele assim o fará; Ele é eterno e certamente vos redimirá.’ A maioria dos [tradutores] modernos segue Rashi [comentarista francês da Bíblia e do Talmude] ao traduzir [Êxodo 3:14] Eu serei o que eu serei’.” (Em hebraico, foi: ʼEh·yéh ʼAshér ʼEh·yéh)


A expressão em João 8:58 é muito diferente daquela usada em Êxodo 3:14. Jesus não a usou como nome ou título, mas sim como maneira de explicar a sua existência pré-humana. Assim, note como outras traduções bíblicas vertem João 8:58: 1869: “Desde antes de Abraão existir, eu tenho existido.” The New Testament, de G. R. Noyes. 1935: “Eu já existia antes de Abraão nascer!” The Bible—An American Translation, de J. M. P. Smith e E. J. Goodspeed. 1965: “Antes de Abraão ter nascido, eu já era aquele que eu sou.” Das Neue Testament, de Jörg Zink. 1978: “Antes de Abraão nascer, já eu era aquele que sou.” O Novo Testamento,Interconfessional. 1986: “Antes de Abraão vir à existência, eu tenho sido.” Tradução do Novo Mundo das,Escrituras Sagradas.

Assim, a verdadeira ideia do grego usado aqui é que o “primogênito” de Deus, Jesus, que foi criado, já existia muito antes de Abraão nascer. — Colossenses 1:15; Provérbios 8:22, 23, 30; Apocalipse 3:14. De novo, o contexto mostra que esse é o entendimento correto. Nessa ocasião, os judeus queriam apedrejar a Jesus por este ter afirmado ‘ter visto a Abraão’, ainda que, como disseram, ele ainda não tivesse 50 anos de idade. (Versículo 57 ) A resposta natural de Jesus seria dizer a verdade a respeito de sua idade. Assim, ele disse, com naturalidade, que “antes de Abraão nascer, já eu era aquele que sou.” — O Novo Testamento, Interconfessional.

“A Palavra Era Deus”EM JOÃO 1:1, a versão Almeida diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” Os trinitaristas afirmam que isso significa que “o Verbo” [ou, “a Palavra”] (grego: ho lógos) que veio à terra como Jesus Cristo era o próprio Deus Todo-poderoso. Note, porém, que novamente neste caso o contexto estabelece a base para o entendimento correto. Até mesmo a versão Almeida diz: “O Verbo estava com Deus.” (O grifo é nosso.)

Alguém que está “com” outra pessoa não pode ser ao mesmo tempo aquela outra pessoa. De acordo com isso, a Journal of Biblical Literature (Revista de Literatura Bíblica), editada pelo jesuíta Joseph A. Fitzmyer, observa que se a última parte de João 1:1 fosse interpretada como significando “o” Deus, isso “contradiria a expressão anterior” que diz que a Palavra [ou, o Verbo] estava com Deus.

Note, também, como outras versões traduziram esta parte do versículo: 1808: “e a palavra era um deus.” The New Testament in an Improved Version, Upon the Basis of Archbishop Newcome’s New Translation: With a Corrected Text. 1864: “e um deus era a palavra.” The Emphatic Diaglott, versão interlinear, de Benjamin Wilson. 1928: “e a Palavra era um ser divino.” La Bible du Centenaire, L’Evangile selon Jean, de Maurice Goguel. 1935: “e a Palavra era divina.” The Bible—An American Translation, de J. M. P. Smith e E. J. Goodspeed. 1946: “e a Palavra era de espécie divina.” Das Neue Testament, de Ludwig Thimme. 1950: “e a Palavra era [um] deus.” Tradução do Novo Mundo das Escrituras Gregas Cristãs. 1958: “E a Palavra era um Deus.”

The New Testament, de James L. Tomanek. 1975: “e um deus (ou: da espécie divina) era a Palavra.” Das Evangelium nach Johannes, de Siegfried Schulz. 1978: “e da sorte semelhante a Deus era o Logos.” Das Evangelium nach Johannes, de Johannes Schneider. Em João 1:1 ocorre duas vezes o substantivo grego the·ós (deus). A primeira ocorrência se refere ao Deus Todo-poderoso, com quem a Palavra estava (“e a Palavra [lógos] estava com Deus [uma forma de theós]”).

Este primeiro theós é precedido pela palavra ton (o), uma forma do artigo definido grego que aponta para uma identidade distinta, neste caso o Deus Todopoderoso (“e a Palavra estava com o Deus”). Por outro lado, não existe artigo antes do segundo theós, em João 1:1. Assim, uma tradução literal seria “e deus era a Palavra”.

Todavia, temos visto que muitas versões traduzem este segundo theós (um substantivo predicativo) como “divino”, “semelhante a Deus”, ou “um deus”. Com que autoridade fazem isso? A língua grega coiné tinha artigo definido (“o”), mas não tinha artigo indefinido (“um”). Assim, quando um substantivo predicativo não é precedido por artigo definido, pode ser indefinido, dependendo do contexto.

A Revista de Literatura Bíblica diz que expressões “com um predicativo anartro [sem artigo] precedendo ao verbo, têm primariamente sentido qualificativo”. Como diz a Revista, isto indica que o lógos pode ser assemelhado a um deus.



JOÃO 8:58. EU SOU” “SOU O QUE SOU”; Veja João 8:58, Êxodo 3:13-15.
Em Êxodo 3:13-15, em resposta a Moisés sobre qual é o nome de Deus, primeiro, Jeová respondeu duas vezes o significado de seu nome e na terceira resposta, Deus forneceu seu ÚNICO NOME ETERNO YHVH. Êx. 3:15.

A resposta de Deus, em hebraico, foi: ʼEh·yéh ʼAshér ʼEh·yéh. Algumas traduções vertem isto como “EU SOU O QUE SOU”. Todavia, deve-se notar que o verbo hebraico ha·yáh, do qual deriva a palavra ʼEh·yéh, não significa simplesmente “ser”. Antes, significa “vir a ser; tornar-se”, ou “mostrar ser”. Não se faz aqui referência à auto-existência de Deus, mas ao que ele pretende tornar-se para com outros. Portanto, a Tradução do Novo Mundo verte corretamente a expressão hebraica acima como MOSTRAREI SER O QUE EU MOSTRAR SER.”
Depois disso, Jeová acrescentou: “Isto é o que deves dizer aos filhos de Israel: ‘MOSTRAREI SER enviou-me a vós.’” — Êx 3:14

Que isto não significava nenhuma mudança no nome de Deus, mas apenas um vislumbre adicional da personalidade de Deus, é depreendido de suas palavras adicionais: “Isto é o que deves dizer aos filhos de Israel: ‘Jeová, o Deus de vossos antepassados, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó enviou-me a vós.’ Este é o meu nome por tempo indefinido e esta é a recordação de mim por geração após geração. (Êx 3:15; compare isso com Sal 135:13; Os 12:5.)

O nome Jeová deriva do verbo ha·wáh, “vir a ser; tornar-se”, e realmente significa “Ele Causa que Venha a Ser”. Isto revela Jeová como Aquele que, com ação progressiva, causa que se torne o Cumpridor de promessas. Assim, ele sempre faz com que seus propósitos se realizem. Apenas o verdadeiro Deus poderia legítima e autenticamente levar tal nome.

EXPLICAÇÃO COM O CONTEXTO
João 8:56, 57 Abraão, o pai de vocês, alegrou-se muito com a perspectiva de ver o meu dia, e ele o viu e se alegrou.” Então os judeus lhe disseram: “Você não tem nem 50 anos, e ainda assim viu Abraão?”
Abraão tinha uma fé tão forte nas promessas de Deus que era como se ele pudesse ver aquele que seria o Rei do Reino de Deus, o Ungido, ou Messias. Foi por isso que Jesus disse aos judeus dos seus dias: “Abraão, o pai de vocês, alegrou-se muito com a perspectiva de ver o meu dia, e ele o viu e se alegrou.” (João 8:56)
Fica claro que Abraão sabia que seus descendentes formariam um Reino que teria o apoio de Jeová, e ele estava disposto a aguardar Jeová cumprir a promessa que tinha feito.

Abraão aguardava a cidade que tem verdadeiros alicerces, que foi projetada e construída por Deus.  Heb. 11:10.
Como Abraão mostrou que estava aguardando a cidade, ou Reino, projetada por Deus? Primeiro, Abraão não se associou a nenhum governo humano. Ele continuou a viver como nômade, se mudando de um lugar para outro, sem apoiar nenhum rei humano.

Além disso, Abraão não tentou ter seu próprio reino. Em vez disso, continuou obedecendo a Jeová esperando que ele cumprisse sua promessa. Por fazer isso, Abraão mostrou que sua fé em Jeová era muito grande

João 8:58 Jesus lhes disse: “Digo-lhes com toda a certeza: Antes de Abraão vir à existência, eu já "existia.”
(Leia o capítulo inteiro de João 8).
Nunca encontrará Jesus afirmando que ele é Deus, que ele é o mesmo Pai, ou que ele é Jeová. Êxodo 3:13-15.
Pelo contrário, Jesus deixa explícito que ele nunca foi o seu Pai e mostra sua dependência de Deus. João 8:18,19,25-29,40-42,49-55.      

ENSINA A BÍBLIA QUE JESUS É O PRÓPRIO JEOVÁ?
Se Jesus é o próprio Deus Todo Poderoso, se a trindade é um ensinamento bíblico, então por que:
01- Por que ele é chamado de "o primogênito de toda a criação"? (Col. 1:15. Apoc. 3: 14) .
02- Por que Ele disse: "não vim de minha própria iniciativa, não, mas Ele me enviou." (João 8:42, 1 João 4:9)
03- Por que Jesus disse que não sabia o dia e a hora da grande tribulação, mas só o Pai? (Mateus 24:36)
04- Diante de quem Jesus entrou "no próprio céu, para agora comparecer perante a pessoa de Jeová."? (Heb 9:24)
05- Por que Jesus disse: "Meu Pai é maior do que eu"? (João 14:28, Fil. 2:5, 6)
06- Quem falou no batismo de Jesus: "Este é o meu Filho"? (Mateus 3:17)
07- Como Jesus poderia ser levantado à uma posição mais elevada, sendo a manifestação do próprio Jeová ? (Filipenses 2:09, 10)
08- Como Jesus poderia ser um "mediador" entre Jeová e os homens"? (1 Timóteo. 2:05)
09- Por que Paulo diz que "Deus é a cabeça de Cristo" (1 Cor. 11:03)
10- Por que Paulo disse: "quando Jesus entregar o reino ao seu Deus" e "o próprio Filho também se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas (1 Coríntios. 15:24, 28)
11- A quem Jesus se referiu ao dizer: "Meu Deus e vosso Deus"? (João 20:17)
12- Como Jesus iria sentar-se à destra de Deus? (Salmo 109:1, Heb. 10:12, 13)
13- Por que João diz: "ninguém jamais viu a Deus"? (João 1:18), se todos viam Jesus?
14- Por que as pessoas não morreram, quando viram Jesus? (Êxodo 33:20)
15- Como Jesus poderia ainda estar morto e vivo ao mesmo tempo? (Atos 2:24)
16- Quem salvaria Jesus na hora da sua necessidade? (Hebreus 5:07)
17- Sobre quem se fala a respeito em Provérbios 8:22-31 profeticamente?
18- Por que Jesus disse: "Todo o poder me foi DADO no céu e na terra"? (Mateus 28:18;. Dan 7:13, 14).
19- Como Jesus poderia aprender a obediência e ser aperfeiçoado? A quem ele seria obediente? (Hebreus 5:8-9)
20- Por que Jesus precisou que um anjo lhe fortalecesse, e que outros anjos o ministrassem? (Lucas 22:43, Matt. 4:11)
21- Por que Satanás tentou seduzir-lhe, será  que ele reconhecia Jesus como sendo o próprio Deus Todo Poderoso? (Mateus 4:1-11)
22- Por quem Jesus nutria "temor de Deus"? (Hebreus 5:07)
23- Quando Jesus foi enviado a terra, foi feito "um pouco menor que os anjos" (Hebreus 2:07). Como poderia qualquer parte de Deus ser menor que anjos?
24- Se Jesus era o próprio Deus Jeová , então contra quem, Satanás o tentou a rebelar-se? Deus pode ser tentado a rebelar-se contra si mesmo? (Mateus 4:01)
25- Antes do final da sua vida terrena, Jesus clamou: "Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?" (Mateus 27:46). Pode o próprio Deus ser abandonado ou esquecido?
26- A quem Jesus chama de "meu Deus" no Céu? (Apocalipse capítulos 2 e 3)?
27- Por que Jesus é chamado de Cordeiro mesmo já estando no Céu (Ap 7:10)?
28- Se o Espírito Santo é uma pessoa, por que a grande multidão diz que devem a salvação a Deus e ao Cordeiro? (Ap. 7:10).
29- No seu batismo, quem lá do céu aprovou a Dedicação de Jesus? (Mt. 3:16,17).
30- Por que na "oração sacerdotal"  Jesus (na terra) rogou ao seu Pai (no Céu), Jesus orava a si mesmo? João 17:1-10


*CONCLUSÃO* :
" *EU SOU* "
*NA ÓTICA TRINITARISTA* :
O Pai e o Filho são pessoas distintas , portanto Jesus ao dizer "EU SOU",   ele queria dizer que era DEUS igual ao PAI. Em  João 14:28 Jesus disse que não!
O grande impasse: O FILHO não disse EU SOU DEUS.  Será que o texto queria provar a igualdade do Pai com o Filho? Já Leu o capítulo inteiro de João 8?
Ademais se Deus é uma TRINDADE, por que se omitiu o espírito santo? Por que ele nunca foi considerado igual ao Pai? Note que o espírito santo não tem nem natureza divina.

*NA ÓTICA UNICISTA* :
O Pai e o Filho são a mesma Pessoa. Então Jesus ao dizer "EU SOU",   ele queria dizer que era a mesma pessoa do PAI. Portanto Jesus é o único Deus.
O grande impasse: Isto é impossível de se aplicar na Bíblia inteira.
Jesus no seu batismo fez um DIÁLOGO com ele mesmo?  Jesus dialogou com seu Pai. Diálogo conversa entre duas pessoas!
Se você poderia dizer:  Eu "E" meu amigo somos "um", o que se daria a entender?  Será que Jesus quis dizer que ele era Deus neste versículo? João 10:30
Ademais se Deus é uma TRINDADE, por que se omitiu o espírito santo?
Os anjos lá no céu não veem Jesus como a mesma pessoa. Portanto, ambos são unânime em tudo.

*NA ÓTICA UNITARISTA* :
O Pai e o Filho são pessoas distintas, porém com UNIÃO em propósitos e objetivos.  Ambos não são iguais nem em poder..Só o Pai é o DEUS todo poderoso e altíssimo.  João 17:21,22; Apocalipse 16:14; 11:17; 21:22. O Contexto inteiro de João capítulo 8 inteiro, não considera se Jesus era Deus ou não, se ele era a mesma pessoa do Pai ou não. O Contexto do assunto era se Jesus existia ou não antes de Abraão.
Apenas um é, e existe como Deus. Sendo ser Deus é algo inerente a sua própria personalidade e existência.  Agora, ambos podem receber o título "Deus." A depender do que esteja a se referir.  Ser Deus não é a mesma coisa que receber o título "Deus" . Isaías 9:6,7.


CONCLUSÃO
Jesus é o anjo no espinheiro ardente (Êx. 3:2) que faz a interlocução, apresentando-se em nome de Jeová. Este é o costume de muitos anjos e é comum na Bíblia no velho testamento.  Gênesis Capítulos 18 e 19.

Jesus ao dizer "eu sou" em João 8:58 queria dizer: Eu já existia, pois fui o anjo que disse "eu sou" em nome de Jeová!

Então, não confunda com Jesus ter dito que “EU SOU”, com Jesus dizer “EU EXISTIA”, e ser o próprio Jeová. Note que o contexto inteiro do cap. 8 de João não se discutia se Jesus era ou não era Deus, mas a questão era se Jesus já "EXISTIA" antes de Abraão. João 8:56-59.
A partir de quando os opositores de Jesus queriam matar lo, POR ELE ele se apresentar como Deus? Leia o capítulo 8 Inteiro de João.


Voltar para o conteúdo