INFERNO É O DESTINO FINAL DOS ÍMPIOS? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

INFERNO É O DESTINO FINAL DOS ÍMPIOS?

ANIQUILACIONISMO OU CONDENAÇÃO ETERNA?
Com todo o arsenal que a Bíblia usa retratando o destino final dos ímpios, qualquer um é capaz de notar seus destinos.

01- De que os ímpios serão eliminados:  
Pv.2:22; Sl.37:9; Sl.37:22; Sl.104:35; Is.29:18-20.
02- Destruídos:
2Pe.2:3; 2Pe.2:12,13; Tg.4:12; Mt.10:28; 2Pe.3:7; Dt.7:10; Fp.1:28; Rm.9:22; Sl.145:20; Gl.6:8; 1Co.3:16,17; 1Ts.5:3; 2Pe.2:1; Sl.145:20; Sl.94:23; Pv.1:29; 1Ts.5:3; Jó 4:9; Sl.1:4-6; Sl.73:17-20; Sl.92:6,7; Sl.94:23; Pv.24:21,22; Is.1:28; Is.16:4,5; Is.33:1; Lc.9:25; Gl.6:8; 1Ts.1:8,9),
03- Arrancados:
cf. Pv.2:22.
04- Mortos:
Jo.8:24; Jo.11:28; Jo.6:47-51; Is.65:15; Rm.6:23; Is.11:4; Pv.11:19; Sl.34:21; Rm.8:13; Sl.62:3; Pv.15:10; Tg.1:15; Rm.8:13; Pv.19:16; Is.66:16; Jr.12:3; Rm.1:32; Ez.18:21; Ez.18:23,24; Ez.18:16,28; 2Co.7:10; Rm.6:16; 2Co.3:6; Hb.6:1),
05- Exterminados:
Sl.37:9; Mc.12:5-9; At.3:23.
06- Executados:
Lc.19:14,27.
07- Devorados:
Ap.20:9; Jó 20:26-29; Is.29:5,6; Sl.21:9
08- Se farão em cinzas:
2Pe.2:6; Is.5:23,24; Miq.4:3.
09- Não terão futuro:  
Sal.37:38; Pv.24:20.
10- Perderão a vida:
Lc.9:24
11- Serão consumidos:  
Sof.1:18; Lc.17:27-29; Is.47:14; Sl.21:9; Jó 20:26-29; Ap.20:9; Is.26:11; Naum 1:10; Sl.21:9; Lc.17:27-29.
12- Perecerão:
Jo.10:28; Jo.3:16; Sl.37:20; Jó 4:9; Is.66:17; Sl.37:20; Sl.68:2; Sl.73:27; At.13:40,41; Is.1:28; Is.41:11,12; 1Co.1:18; Rm.2:12; 2Co.4:3; 2Co.2:15,16; Lc.13:2,3; Lc.13:4,5; 2Ts.2:10.
13- Serão despedaçados:
Lc.20:17,18; Mt.21:44; 1Sm.2:10.
14- Virarão estrado para os pés dos justos:
At.2:34,35.
15- Desvanecerão como fumaça:
Sl.37:20; Sl.68:2; Is.5:24.
16- Terão um fim repentino:
Sof.1:18; Pv.24:21,22; Is.29:5,6; 1Ts.5:3; Is.29:18-20; 2Pe.2:1.
17- Serão como a palha que o vento leva:
Sal.1:4-6; Is.5:24; Is.29:5,6.
18- Serão como a palha para ser pisada pelos que vencerem:
Mal.1:1,3; Mt.5:13; Hb.10:12,13.
19- Serão reduzidos ao pó:
Sl.9:17; Is.5:24; Is.29:5,6; Lc.20:17,18; Mt.21:44; 2Pe.2:6.
20- Desaparecerão:
Sl.73:17-20; Is.16:4,5; Is.29:18-20.
21- Deixarão de existir:
Sl.104:35
22- Serão apagados:
 Pv.24:20.
23- Serão reduzidos a nada:
Is.41:11,12; 1Co.2:6.
24- Serão como se nunca tivessem existido:
Ob.1:16.
25- Serão evaporados:
Os.13:3.
26- Será lhes tirada a vida:
Pv.22:23; Jo.12:25.
27- Não mais existirão:
Sl. 37:10; 104:35; Pv.10:25.

PERGUNTAS REVELADORAS
01- Por que dizem que existem três tipos de mortes? Apoc. 20:13,14
02- Se a alma é imortal por que só alguns herdarão a imortalidade? João 5:26; 1 Tim 6:16
03- Se o inferno e tormento são eterno por que o inferno acabará? Apoc. 20:13,14
04- Se o lago de Fogo é o destino final de todos ímpios por que milhões serão destruídos fora dele? Apoc. 20:7,8,9.

CONCLUSÃO: Diante de tudo isso, apenas alguém bem mal entendido ou mal intencionado achará que Deus condena pessoas a terem seus corpos (que, ao contrário dos justos, não serão incorruptíveis – Gal. 6:8; Rom. 2:7, queimando em um tormento eterno que não acaba nunca, em um processo de destruição eterno e inconclusivo.
A Bíblia nos mostra um quadro claro de consumo total pelo fogo, não de um tormento eterno.
Tem Deus duas faces? É ele infinitamente misericordioso de um lado e insaciavelmente cruel de outro?
Pode Ele amar os pecadores de tal modo que enviou Seu Filho para salvá-los, e ao mesmo tempo odiar os pecadores impenitentes tanto que os submete a um tormento cruel sem fim?

Podemos legitimamente louvar a Deus por Sua bondade, se Ele atormenta os pecadores através dos séculos da eternidade?
A intuição moral que Deus plantou em nossa consciência não pode aceitar a crueldade de uma divindade que sujeita pecadores a tormento infindo.
A justiça divina não poderia jamais exigir a penalidade infinita de dor eterna por causa de pecados finitos.
Além disso, tormento eterno e consciente é contrário ao conceito bíblico de justiça porque tal castigo criaria uma desproporção séria entre os pecados cometidos durante uma vida e o castigo resultante durando por toda eternidade.
Por que o "inferno" será lançado no meio do "lago de fogo" se ele é o destino final dos ímpios? Apoc. 20:13,14

"ABISMO" É O INFERNO?
Romanos 10:6, 7, ajuda a esclarecer o significado do “abismo” ao declarar: “Mas a justiça resultante da fé fala da seguinte maneira: ‘Não digas no teu coração: “Quem ascenderá ao céu?” isto é, para fazer descer a Cristo; ou: “Quem descerá ao abismo?” isto é, para fazer subir a Cristo dentre os mortos.’” (Veja De 30:11-13.)

É evidente que o “abismo” aqui se refere ao lugar em que Cristo Jesus passou parte de três dias e do qual seu Pai o ressuscitou. (Veja Sal 71:19, 20; Mt 12:40.) Apocalipse 20:7 refere-se ao abismo como “prisão”, e no de Jesus confinamento em restrição absoluta resultante da morte, Veja At 2:24; 2Sa 22:5, 6; Jó 38:16, 17; Sal 9:13; 107:18; 116:3.

A Encyclopædia of Religion and Ethics (Enciclopédia de Religião e Ética, 1913, Vol. I, p. 54) de Hastings, que, ao comentar Romanos 10:6, 7, diz: “A impressão transmitida pela linguagem de S. Paulo é da amplidão de tal domínio, como de um que tentaríamos explorar em vão.” Paulo contrasta a inacessibilidade do “céu” e do “abismo” com a acessibilidade da justiça pela fé.

O uso da palavra relacionada, bá·thos, feito por Paulo em Romanos 11:33, ilustra isto: “Ó profundidade [bá·thos] das riquezas, e da sabedoria, e do conhecimento de Deus! Quão inescrutáveis são os seus julgamentos e além de pesquisa são os seus caminhos!” (Veja também 1Co 2:10; Ef 3:18, 19.)

Assim, em harmonia com Romanos 10:6, 7, o lugar representado pelo “abismo” evidentemente também subentende estar ‘fora do alcance’ de todos, exceto de Deus ou do seu anjo designado, que tem a “chave do abismo”. (Apoc. 20:1)
Um dos significados atribuídos à palavra á·bys·sos no Greek-English Lexicon (p. 4) de Liddell e Scott é “o vazio infinito”.


MATÉRIAS ADICIONAIS




Voltar para o conteúdo