ESPIRITISMO: CONCEITO SOBRE O SUICÍDIO: ESPÍRITA X BÍBLIA - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

ESPIRITISMO: CONCEITO SOBRE O SUICÍDIO: ESPÍRITA X BÍBLIA

CONCEITO ESPÍRITA:
Pobres Espíritos, que não têm a coragem de suportar as misérias da existência!.......... As tribulações da vida são provas ou expiações. Felizes os que as suportam sem se queixar, porque serão recompensados!......A doutrina acredita que o suicídio causa um enorme atraso evolutivo ao espírito. Além de “parar no tempo” em relação à evolução espiritual, a pessoa comete um crime contra si mesma e contra a lei de preservação e sobrevivência, que todos que trazemos dentro de nós.  A busca por chegar depressa em uma vida espiritual melhor, vai por água abaixo quando se pratica o ato do suicídio".



CONCEITO DA BÍBLIA:
"Pois a mera opressão pode fazer o sábio agir como doido, e uma dádiva pode destruir o coração". Ecl. 7:7.

O Conceito Responsável e Bíblico Sobre a Vida
A vida é uma dádiva de Deus, e não algo do qual se deve abusar ou pôr fim, por suas próprias mãos. (Tiago 1:17) Assim sendo, as Escrituras nos incentivam a ver a nós mesmos, não como almas imortais, mas como valiosas criaturas do Deus que nos ama, que preza que estejamos vivos, e que aguarda com alegria o tempo da ressurreição. — Jó 14:14, 15.

O que está por trás do desespero
Por que alguém pensaria em tirar a própria vida? Vários fatores podem estar envolvidos. Vivemos em “tempos críticos, difíceis de manejar”, e muitos adolescentes são mais sensíveis às pressões da vida. (2 Timóteo 3:1)
Além disso, a imperfeição humana pode fazer com que alguns se entreguem a sentimentos negativos a respeito de si mesmos e do mundo à sua volta. (Romanos 7:22-24)
Em certos casos, isso é resultado de maus-tratos. Em outros, pode estar envolvido um problema de saúde. É digno de nota que, em certo país, calcula-se que mais de 90% dos que tiraram a própria vida sofriam de alguma doença mental.
É claro que ninguém está livre de problemas. Na verdade, a Bíblia diz que “toda a criação junta persiste em gemer e junta está em dores até agora”. (Romanos 8:22) Isso inclui os jovens.
Eles podem ser profundamente afetados por acontecimentos ruins, como:
● Morte de um parente, amigo ou animal de estimação
● Problemas familiares
● Ir mal na escola
● Fim de um namoro
● Maus-tratos (incluindo abuso físico ou sexual)

O valor da oração
A forma de comunicação mais importante é a oração. Você pode orar como Davi: “Esquadrinha-me, ó Deus, e conhece meu coração. Examina-me e conhece meus pensamentos inquietantes, e vê se há em mim qualquer caminho penoso, e guia-me no caminho do tempo indefinido.” — Salmo 139:23, 24.
A oração não é uma simples muleta psicológica. É uma forma de comunicação real com seu Pai celestial, que deseja que você ‘derrame seu coração diante dele’. (Salmo 62:8)
Veja as seguintes verdades básicas sobre Deus:
● Ele sabe das circunstâncias que contribuem para a aflição que você sente. — Salmo 103:14.
● Ele o conhece melhor do que você mesmo. — 1 João 3:20.
● ‘Ele cuida de você.’ — 1 Pedro 5:7.
● Em seu novo mundo, Deus “enxugará dos seus olhos toda lágrima”. — Apocalipse 21:4.

Quando o problema está relacionado à saúde
Como já mencionado, pensamentos suicidas muitas vezes estão relacionados a alguma doença. Se esse for o seu caso, não tenha vergonha de procurar ajuda.
Jesus reconheceu que os doentes precisam de médico. (Mateus 9:12) A boa notícia é que muitas doenças podem ser tratadas. E o tratamento pode ajudá-lo a se sentir bem melhor.
A Bíblia contém uma promessa muito consoladora — no novo mundo de Deus, “nenhum residente dirá: ‘Estou doente.’” (Isaías 33:24)
Deus diz que naquele tempo “não haverá recordação das coisas anteriores, nem subirão ao coração”. (Isaías 65:17) Enquanto isso, faça seu melhor para lidar com os desafios da vida, confiando que no tempo devido de Deus a depressão será coisa do passado. — Apocalipse 21:1-4.

A ESPERANÇA
O amor fortalece o nosso reconhecimento de que o suicídio — embora liberte a pessoa de suas cargas — apenas acumula mais problemas para os entes queridos que ficam.
No que tange a alguém que precipitadamente tirou sua própria vida, nós, humanos, não podemos julgar se ele terá ou não ressurreição. Quão repreensível era?
Somente Deus sonda ‘todos os corações e toda inclinação dos pensamentos’. (1 Crônicas 28:9) Mas, podemos estar confiantes de que ‘o Juiz de toda a Terra fará aquilo que é amoroso, justo e direito!’ — Gênesis 18:25

Embora não se possa justificar o suicídio, é consolador saber que a perspectiva futura das pessoas que amamos está nas mãos de Deus, que entende plenamente as fraquezas e debilidades que podem levar alguém a esse ato desesperado. A Bíblia diz o seguinte sobre Jeová: “Assim como os céus são mais altos do que a terra, sua benevolência é superior para com os que o temem.

Tão longe como o nascente é do poente, tão longe pôs de nós as nossas transgressões. Assim como o pai é misericordioso para com os seus filhos, Jeová tem sido misericordioso para com os que o temem. Porque ele mesmo conhece bem a nossa formação, lembra-se de que somos pó.” — Salmo 103:11-14.

Voltar para o conteúdo