1939 - II GUERRA MUNDIAL - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

1939 - II GUERRA MUNDIAL

2300 tardes e manhãs seria um JUÍZO INVESTIGATIVO?  
ESTA CRENÇA TEM APOIO BÍBLICO? CONFIRA>> https://youtu.be/cIsvUo_nzaA

O LUGAR SANTO” É LEVADO À CONDIÇÃO CORRETA - 2300 noitinhas e manhãs.
Ninguém pode manter-se de pé contra o Príncipe dos príncipes — nem mesmo um rei “de semblante feroz”, tal como a Potência Mundial Anglo-Americana!
As tentativas desse rei, de desolar o santuário de Deus, não são bem-sucedidas.
Depois dum período de “duas mil e trezentas noitinhas e manhãs”, diz o mensageiro angélico, “o lugar santo certamente será levado à sua condição correta”, ou “sairá vitorioso”. — Daniel 8:13, 14; The New English Bible.

Os 2.300 dias são um período profético.
Por isso envolvem o ano profético de 360 dias. (Apocalipse 11:2, 3; 12:6, 14) Esses 2.300 dias, portanto, são 6 anos, 4 meses e 20 dias. Quando ocorreu esse período?
Acontece que, nos anos 30, os do povo de Deus começaram a sofrer crescente perseguição em diversos países. E durante a Segunda Guerra Mundial, as Testemunhas de Jeová foram ferozmente perseguidas nos países da potência mundial dupla anglo-americana.
Por quê? Por causa da sua insistência em “obedecer a Deus como governante antes que aos homens”. (Atos 5:29)
Portanto, os 2.300 dias têm de ser associados com essa guerra. Mas o que se pode dizer sobre o começo e o fim desse período profético?

Se “o lugar santo” é “levado”, ou restaurado, a como devia ser, os 2.300 dias devem ter começado quando antes estava na “condição correta”, do ponto de vista de Deus.
O mais cedo seria em 1.° de junho de 1938, quando A Sentinela (em inglês) publicou a parte 1 do artigo “Organização”. A parte 2 foi publicada no número de 15 de junho de 1938 de A Sentinela (em inglês). (Ambas foram publicadas em português em A Torre de Vigia de junho/julho de 1938.)

Contando 2.300 dias (6 anos, 4 meses e 20 dias no calendário hebraico) a partir de 1.° ou 15 de junho de 1938 chegaremos a 8 ou 22 de outubro de 1944.
No primeiro dia duma assembleia especial realizada em Pittsburgh, Pensilvânia, EUA, em 30 de setembro e 1.° de outubro de 1944, o presidente da Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) falou sobre o assunto “O Alinhamento Teocrático Hoje”.
Na reunião anual da Sociedade em 2 de outubro, os estatutos dela foram emendados no esforço de harmonizá-los com os arranjos teocráticos o máximo que a lei permitia.
Com a publicação de requisitos bíblicos refinados, a organização teocrática em pouco tempo estava mais plenamente em vigor nas congregações das Testemunhas de Jeová.

Enquanto os 2.300 dias corriam durante a Segunda Guerra Mundial, que começou em 1939, oferecer o “sacrifício contínuo” no santuário de Deus ficou muito restrito por causa da perseguição.
Em 1938, havia 39 filiais e congêneres da Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) supervisionando a obra das Testemunhas em todo o mundo, mas em 1943 havia apenas 21.
Durante esse período, o aumento do número de publicadores do Reino também foi pequeno.

Conforme notamos, durante os últimos meses da Segunda Guerra Mundial, as Testemunhas de Jeová reafirmaram sua determinação de magnificar o domínio de Deus por servi-lo como organização teocrática.
Foi com esse objetivo que começou em 1944 a reorganização da sua obra e da estrutura governante.
Na realidade, A Sentinela (em inglês) de 15 de outubro de 1944 (em português, outubro de 1945) publicou um artigo intitulado “Organizados Para a Obra Final”. Esse, bem como outros artigos orientados para a pregação no mesmo período, mostrou que os 2.300 dias haviam terminado e que “o lugar santo” estava novamente na “condição correta”.
As tentativas ferozes do inimigo, de desolar e destruir “o lugar santo”, haviam fracassado totalmente.
Deveras, os “santos” que remanesciam na Terra, junto com seus companheiros da “grande multidão”, saíram-se vitoriosos. (Revelação 7:9)
E o santuário, na sua condição teocrática legítima, continua agora a prestar serviço sagrado a Jeová.

RESUMO DE DANIEL CAPÍTULO 8
Marcha das potências mundiais - Da Medo Pérsia até a última Potência Mundial. (Da Cabeça aos Pés da Estátua, a Potência Anglo Americana)  
A. Carneiro, bode e chifre pequeno representam potências mundiais que sucederão Babilônia (Dan. 8:1-7)
1)- O Carneiro de dois chifres representa o Império Medo-Persa . (Dan. 8:20)

2)- O Bode representa o Império Grego .  (Dan. 8:21)

3)- O Império Grego divide-se em quatro reinos . (Dan. 8:8, 22)
3.1)- Neste ponto, a profecia de Daniel faz um salto na sucessão das potências  que  surgiriam. A profecia vai direto para o Tempo do Fim. Daniel diz que de uma ramificação de um dos quatro generais de Alexandre surgiria  o "Pequeno Chifre", O rei de aparência feroz de declarações ambíguas.  (Dan. 8:23)

4)- “E na parte final desses reinos (todos anteriores)  , quando os transgressores  completarem suas ações, um rei de aparência feroz, (O rei representado pelos pés da estátua Pot. Anglo-Americana)  que faria declarações ambíguas, se levantará . Dan. 8:23

5)- Este Rei Feroz (Pequeno chifre, A. Americano) causaria desolação do Santuário de Jeová  durante 2300 dias. O Chifre ergue-se pela segunda vez contra Príncipe dos príncipes,(Jeová)  durante a II Guerra Mundial . (Dan. 8:9-11, 23-25). (A primeira vez foi durante a I Guerra Mundial, 1914). (Dan. 7:23-25)
5:1- Ele se tornará muito poderoso, mas não pelo seu próprio poder. Causará destruição de modo extraordinário, e será bem-sucedido e tomará ação. Ele arruinará poderosos, também o povo composto dos santos. (Dan. 8:24)
Por exemplo, os Estados Unidos causaram terrível ruína em escala sem precedente ao lançar duas bombas atômicas sobre seu inimigo.
E, com sua astúcia, usará de falsidade para ser bem-sucedido; (Apoc. 13:11,14)
No coração ele se enaltecerá e, durante um período de segurança, arruinará a muitos. Ele até mesmo se levantará contra o Príncipe dos príncipes,( Jeová) mas será destroçado sem a intervenção de mãos humanas. (No Armagedom) (Dan. 2:44, 8:25)

6)- Os  2.300 dias de desolação do santuário durariam desde a remoção do “sacrifício contínuo” e da “transgressão que causa desolação” para que  que o lugar santo fosse levado à condição correta  (Dan. 8:12-14)
6.1)- 2.300 dias literais (tardes e manhãs)
A citação de Tarde e manhã é por considerar o dia completo de 24 horas, o dia e  a noite literais e sem ser dia profético.
Este período de desolação do "Santuário de Jeová engloba  a II Guerra mundial.

6.2)- Remoção do “sacrifício contínuo :
Os sacrifícios contínuos dia e noite de animais no Santuário de Jeová cessaram com a morte de Jesus. Então, trata-se dos sacrifícios do frutos dos lábios, a pregação dos Cristãos verdadeiros.
Na realidade, a sétima potência mundial procurava eliminar um sacrifício de louvor,“o fruto de lábios”,  oferecido regularmente a Jeová pelos do Seu povo como “sacrifício contínuo” da adoração deles. (Hebreus 13:15) Essa potência mundial cometeu assim a “transgressão” de invadir o domínio legítimo do Deus Altíssimo,  “o lugar estabelecido do seu santuário”.

6.3)- Transgressão que causa desolação
A Última potência mundial cometeu assim a “transgressão” de invadir o domínio legítimo do Deus Altíssimo,  “o lugar estabelecido do seu santuário”.


7)- O Chifre Pequeno destroçado “sem mão ” (Dan. 8:25b)
Sem dúvidas a última potência dupla será destruída sem mãos humanas, no Armagedom. Dan. 2:31-35, 44; Apoc. 16:14-16.


8)- Anjo Gabriel explica que visão não devia ser revelada então, mas é “para muitos dias .” (Dan. 8:26, 27)
Ou seja depois de muitos dias da potência GREGA, de onde ocorreu uma ramificação até o chifre pequeno. Mencionado nesta profecia: "no tempo do fim" Dan. 8:23)


MATÉRIA ADICIONAL



Voltar para o conteúdo