144.000 - TABERNÁCULO O MODÊLO PROFÉTICO DOS 144000, E DA GRANDE MULTIDÃO - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

144.000 - TABERNÁCULO O MODÊLO PROFÉTICO DOS 144000, E DA GRANDE MULTIDÃO

O tabernáculo construído por Moisés e o templo Salomão eram apenas típicos ou alegóricos (modelo profético). Paulo indicou que o tabernáculo, era ‘UMA REPRESENTAÇÃO TÍPICA E SOMBRA DAS COISAS CELESTIAIS’. (He 8:1-5; veja também 1Rs 8:27; Is 66:1; At 7:48; 17:24.)

O TABERNÁCULO mostra que o cumprimento final HOJE é no VERDADEIRO TEMPLO MAIOR ESPIRITUAL, de Jeová, a “verdadeira tenda, que Jeová erigiu, e não algum homem”. (He 8:2) O templo espiritual é o arranjo para se chegar a Jeová em adoração à base do sacrifício propiciatório de Jesus Cristo.  He 9:2-10, 23.

O SANTÍSSIMO HOJE É O “PRÓPRIO CÉU”, onde a pessoa de Deus se encontra. (He 9:24)

A ARCA HOJE representa a presença de Jeová.  Apoc. 11:19.

O SANTO E O PÁTIO SACERDOTAL HOJE, tem a ver com as coisas ainda na terra, Jesus Cristo, durante seu ministério na terra, e seus seguidores que são “participantes da chamada celestial”.  He 3:1.  O SANTO REPRESENTA A SUA CONDIÇÃO QUAIS FILHOS DE DEUS UNGIDOS PELO ESPÍRITO, COM VIDA CELESTIAL AINDA NA TERRA, e eles ganharão essa RECOMPENSA CELESTIAL quando seus corpos carnais forem deixados de lado na morte. 1Co 15:50; He 2:10.
Enquanto ainda se encontram no Santo (em carne na Terra), esses que foram ungidos com espírito santo e que servem como sub-sacerdotes com Cristo podem usufruir esclarecimento espiritual, como que do candelabro; comer alimento espiritual, como que da mesa dos pães da proposição; e oferecer oração, louvor e serviço a Deus, como que apresentando incenso de doce fragrância no altar de ouro do incenso. Apoc. 14:3.

A CORTINA era uma barreira que separava o santo do santíssimo; no caso de Jesus ela representava “sua carne”, que ele teve de depor em sacrifício, renunciando a ela para sempre, para poder entrar no céu,  o Santíssimo. Por ocasião da morte de Jesus, esta cortina se rasgou em duas partes, de alto a baixo, abrindo caminho para o Santíssimo, O CÉU, SOMENTE JESUS E PARA A CLASSE SACERDOTAL.   (He 10:20)
Os cristãos ungidos também têm de ultrapassar a barreira carnal que os separa do acesso à presença de Deus no céu. Jesus Cristo promete aos cristãos gerados pelo espírito que, aquele que vencer, que perseverar fielmente até o fim, será feito “coluna no templo do meu Deus, e ele, de modo algum, jamais sairá dele”. (Re 3:12) Portanto, dá-se a este um lugar permanente no “PRÓPRIO CÉU”, O SANTÍSSIMO VERDADEIRO.

O ALTAR para a oferta de sacrifícios, ficava NO PÁTIO, e Isto prefigurava a provisão de Deus, segundo a sua vontade, para que um sacrifício humano perfeito resgatasse a prole de Adão. (He 10:1-10; 13:10-12; Sal 40:6-8) NO TEMPLO ESPIRITUAL, o próprio PÁTIO É a uma condição relacionada com aquele sacrifício.
No caso de Jesus, foi o fato de ele ser um humano perfeito que tornou aceitável o sacrifício de sua vida. No caso de seus seguidores ungidos, todos eles são declarados justos à base de sua fé no sacrifício de Cristo, de modo que são encarados por Deus como pessoas sem pecado, ainda na carne.  Ro 3:24-26; 5:1, 9; 8:1.

OS PÁTIOS OU ÁTRIOS DO TEMPLO, parte do templo frequentado pelo povo em geral os eram os beneficiados pela classe sacerdotal.  O POVO EM GERAL era proibido com pena de morte, se adentrasse no santo e santíssimo, separados por uma cortina o que era permitido somente a classe sacerdotal.
Portanto, os dos pátios não irão para O SANTÍSSIMO, O CÉU, permanecerão na Terra. Prov 2:22
Apocalipse 7:9-15 revela “uma grande multidão” de outros adoradores de Jeová que PARTICIPAM NA ADORAÇÃO PURA NO TEMPLO ESPIRITUAL; Os que compõem essa “grande multidão” não são descritos em termos que os identifique como sub-sacerdotes.
Então, deve-se entender que ELES ESTÃO DE PÉ NO QUE FOI REPRESENTADO PELO PÁTIO DOS GENTIOS, uma particularidade especial no templo reconstruído por Herodes.
Menciona-se que os que compõem essa “grande multidão” “lavaram as suas vestes compridas e as embranqueceram no sangue do Cordeiro”.
Por causa de sua fé no sacrifício de Cristo, atribui-se-lhes uma posição justa que possibilita a sua preservação através da “grande tribulação”, de modo que se diz que eles “saem” como sobreviventes, PARA VIVEREM NA TERRA PARA SEMPRE OS PÁTIOS DO VERDADEIRO TEMPLO.

O SUMO SACERDOTE (elo de ligação) HOJE é Jesus no céu na presença de Jeová.

O GRANDE TEMPLO ESPIRITUAL passou a existir quando Jesus apresentou o valor de seu sacrifício no seu Santíssimo, no próprio céu. Deve realmente ter vindo à existência em 29 EC, quando Jesus foi ungido com espírito santo para servir como grande Sumo Sacerdote de Jeová. — He 4:14; 9:11, 12.



PERGUNTA DE LEITOR
Os salvos passarão pela Grande Tribulação ou serão arrebatados antes dela?
RESPOSTA: Jesus afirmou claramente: Na grande tribulação ELE, salvará duas classes de pessoas. A primeira classe: arrebatamento dos Escolhidos em espírito. 1 Cor; 15:50; A segunda classe são as pessoas que serão salvas em carne e osso para saírem da grande tribulação e herdarem a Terra. Mat. 24:21,22,31; Prov. 2:21,22.
Em Apocalipse capítulo 7:1-4; 9-15 encontramos duas classes DISTINTAS de pessoas de salvas.
Veja o modelo profético de tabernáculo. São duas classes distintas de Pessoas a serem salvas:

A sacerdotal e o povo. Só a classe sacerdotal entra para o interior da cortina rasgada, com caminho livre para o céu ilustrando que HOJE que somente os 144.000 reis e sacerdotes serão arrebatados. Heb. 3:1; 10:1; 19-22.

O Povo dos átrios (pátios) NÃO eram são autorizados entrar no cômodo santo e muito menos no cômodo santo dos santos (santíssimo), e quando entravam morriam, simbolizando HOJE, a salvação da grande multidão na Terra. (classe beneficiada pela classe sacerdotal, a noiva de Cristo, na Nova Jerusalém). Heb. 9:7

Esse modelo profético do Tabernáculo simboliza também que a MEDIAÇÃO DE DEUS É SOMENTE FEITA PELO SUMO SACERDOTE JESUS com a classe  SACERDOTAL hoje os 144.000, os sub sacerdotes. E classe SACERDOTAL beneficiaria a Classe dos átrios (pátios),hoje a Grande Multidão. Apoc. 7:9,10. É por isso que Jesus é mediador de um novo pacto só com os 144.000 ungidos.

MATÉRIAS ADICIONAIS


Voltar para o conteúdo