144.000 - FESTIVIDADES JUDAICAS INDICAM O PRESENTE? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

144.000 - FESTIVIDADES JUDAICAS INDICAM O PRESENTE?

Essas três festividades são de interesse especial para nós CRISTÃOS, por causa de seu significado profético. “Três vezes no ano todo macho teu deve comparecer perante Jeová, teu Deus, no lugar que ele escolher”. Deu.16:16.
OBS: Toda “alegoria” do VT, cumpre-se em realidades no novo testamento.

PRIMEIRA FESTIVIDADE- RECOLHIMENTO DO REI DO REINO CELESTIAL JESUS.
A primeira delas era a festividade dos pães não fermentados. (Deu.16:1a8). Seguia se à celebração da Páscoa e durava sete dias.
Trazendo à atenção o significado profético desta festividade, o apóstolo Paulo escreveu: “Cristo, a nossa páscoa, já tem sido sacrificado. Consequentemente, guardemos a festividade, não com o velho fermento, nem com o fermento de maldade e iniquidade, mas com os pães não fermentados da sinceridade e da verdade” 1 Cor. 5:7, 8.

SEGUNDA FESTIVIDADE-RECOLHIMENTO DOS 144000 GOVERNANTES COM CRISTO, NO CÉU.
A seguir, vinha a festividade das semanas, ou de Pentecostes. (Deu. 16:9a12) Era celebrada sete semanas mais tarde, ou no quinquagésimo dia após o dia 16 de nisã. Neste dia, ofereciam-se as primícias da colheita do trigo. Ela durava apenas um dia e representava as primícias da humanidade, os 144.000 MEMBROS DO CORPO ESPIRITUAL DE CRISTO, QUE FORAM COMPRADOS DENTRE A HUMANIDADE. (Tia. 1:18; Rev. 14:4). Bem apropriadamente, esta congregação do ISRAEL ESPIRITUAL, como veio a ser chamado, teve seu início no dia literal de Pentecostes.  Atos 2:1; Gal. 6:15, 16; Apoc.7:4a8. IRÃO PARA O CÉU.

TERCEIRA FESTIVIDADE-RECOLHIMENTO DA “GRANDE MULTIDÃO" DOS GOVERNADOS, PARA VIVEREM NA TERRA.
A última do ano era a “festividade das barracas”. (Deu. 16:13a15). Ocorria no sétimo mês, do décimo quinto ao vigésimo primeiro dia, havendo uma assembleia solene no vigésimo segundo dia. Comemorava a morada dos israelitas em barracas durante a sua peregrinação de quarenta anos no ermo. Era também chamada de festividade do recolhimento, visto que celebrava a colheita final de todas as suas safras.
Uma de suas caraterísticas era o meneio de folhas de palmeiras. Isto nos faz lembrar a visão do apóstolo João sobre o ajuntamento da “GRANDE MULTIDÃO” que acenava com folhas de palmeiras e dizia: “Devemos a salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro”. (Rev. 7:9, 10)
Hoje, Jesus Cristo está ajuntando a “GRANDE MULTIDÃO” de suas “outras ovelhas”, para que finalmente fique unida com o seu “pequeno rebanho”, constituindo-se assim apenas “um só rebanho” debaixo de um só “pastor excelente. MORARÃO NA PARA SEMPRE NA TERRA. Sal.37:29.

PERGUNTA DE LEITOR
Os salvos passarão pela Grande Tribulação ou serão arrebatados antes dela?
RESPOSTA: Jesus afirmou claramente: Na grande tribulação ELE,  salvará duas classes de pessoas.  A primeira classe: arrebatamento dos Escolhidos em espírito. 1 Cor; 15:50; A segunda classe são as pessoas que serão salvas em carne e osso para saírem da grande tribulação e herdarem a Terra. Mat. 24:21,22,31; Prov. 2:21,22.  
 
Em Apocalipse capítulo 7:1-4; 9-15 encontramos duas classes DISTINTAS de pessoas de salvas.
 
Veja o modelo profético de tabernáculo. São duas classes distintas de Pessoas a serem salvas:

A sacerdotal e o povo. Só a classe sacerdotal entra para o interior da cortina rasgada, com caminho livre para o céu ilustrando que HOJE que somente os 144.000 reis e sacerdotes serão arrebatados. Heb. 3:1; 10:1; 19-22.

O Povo dos átrios (pátios) NÃO eram são autorizados entrar no cômodo santo e muito menos no cômodo santo dos santos (santíssimo), e quando entravam morriam, simbolizando HOJE, a salvação da grande multidão na Terra. (classe beneficiada pela classe sacerdotal, a noiva de Cristo, na Nova Jerusalém). Heb. 9:7

Esse modelo profético do Tabernáculo simboliza também que a MEDIAÇÃO DE DEUS É SOMENTE FEITA PELO SUMO SACERDOTE JESUS com a classe  SACERDOTAL hoje os 144.000, os sub sacerdotes. E classe SACERDOTAL beneficiaria a Classe dos átrios (pátios),hoje a Grande Multidão. Apoc. 7:9,10. É por isso que Jesus é mediador de um novo pacto só com os 144.000 ungidos.

MATÉRIAS ADICIONAIS


Voltar para o conteúdo