144.000 - A RESSURREIÇÃO DELES JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

144.000 - A RESSURREIÇÃO DELES JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO?

“A primeira ressurreição”os que governarão com Cristo já está em andamento. Apoc.20:5,6.
Os que estão mortos em união com Cristo se levantarão primeiro. 1 TESSALONICENSES 4:16.
A maioria dos ressuscitados voltará para viver numa Terra pacífica sob o Reino Milenar de Deus. (Salmo 37:10, 11, 29; Isaías 11:6-9; 35:5, 6; 65:21-23) Mas antes de acontecer isso, outras ressurreições teriam de ocorrer.

Primeiro, Jesus Cristo teve de ser ressuscitado para apresentar a Deus o valor de seu sacrifício em nosso benefício. Jesus morreu e foi ressuscitado no ano 33 EC.

A seguir, os membros ungidos do “Israel de Deus” teriam de se juntar ao Senhor Jesus Cristo na glória celestial, onde ‘estariam sempre com o Senhor’. (Gálatas 6:16; 1 Tessalonicenses 4:17) Esse acontecimento é chamado de “a ressurreição a ocorrer mais cedo”, ou a “primeira ressurreição”. (Filipenses 3:10, 11; Apocalipse 20:6)
Ao terminar essa ressurreição, terá então chegado a hora de milhões de pessoas serem ressuscitadas para viverem novamente na Terra com a perspectiva de ganharem a vida eterna no Paraíso. Por isso, quer nossa esperança seja celestial, quer terrestre.

Estamos muito interessados na “primeira ressurreição”.
Que tipo de ressurreição é essa? Quando ela ocorre? “Com que sorte de corpo”?
Na sua primeira carta aos coríntios, Paulo levanta uma questão sobre a primeira ressurreição: “Como hão de ser levantados os mortos? Sim, com que sorte [espécie] de corpo hão de vir?” Daí ele mesmo responde: “Aquilo que semeias não é vivificado a menos que primeiro morra . . . mas Deus lhe dá um corpo assim como lhe agrada . . . A glória dos corpos celestes é de uma sorte e a dos corpos terrestres é de sorte diferente.” 1 Coríntios 15:35-40.
As palavras de Paulo mostram que os cristãos ungidos com espírito santo precisam morrer antes de poderem receber a recompensa celestial. Na morte, seu corpo terrestre retorna ao pó. (Gênesis 3:19) No tempo designado de Deus, eles são ressuscitados com uma espécie de corpo apropriada para a vida nos céus. (1 João 3:2) Deus também lhes dá imortalidade. Isso não é algo que possuem desde o nascimento, como se uma suposta alma imortal tivesse sido colocada dentro deles. “Isto que é mortal tem de revestir-se de imortalidade”, diz Paulo. A imortalidade é um presente de Deus, da qual ‘se revestem’ aqueles que participam da primeira ressurreição. 1 Coríntios 15:50, 53; Gênesis 2:7; 2 Coríntios 5:1, 2, 8.

Como sabemos que Deus não escolhe os 144.000 dentre os membros das várias religiões?
Apenas 144.000 participam da primeira ressurreição. Jeová começou a selecioná-los no Pentecostes de 33 EC, pouco depois de ter ressuscitado Jesus. Todos eles têm “o nome [de Jesus] e o nome de seu Pai escrito nas suas testas”. (Apocalipse 14:1, 3) Portanto, não são escolhidos dentre várias religiões. Todos são cristãos e levam com orgulho o nome do Pai — Jeová. Ao serem ressuscitados, recebem uma designação de trabalho nos céus. A perspectiva de servirem a Deus dessa maneira direta é simplesmente emocionante para eles.

A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO ESTÁ EM ANDAMENTO A PARTIR DE 1914.
Como Apocalipse 12:7 e 17:14 nos ajudam a calcular aproximadamente o tempo em que começa a primeira ressurreição?
Quando ocorre a primeira ressurreição? Há fortes indícios de que ela já está em andamento. Por exemplo, faça uma comparação entre dois capítulos do livro de Revelação. Primeiro, dê uma olhada no capítulo 12. Lemos ali que o recém-entronizado Jesus Cristo, com seus santos anjos, travaria guerra com Satanás e seus demônios. (Apocalipse 12:7-9).
Essa batalha começou em 1914. Note, porém, que não se menciona nenhum dos seguidores ungidos de Cristo participando com ele naquela guerra celestial. Agora veja o capítulo 17. Ali lemos que, depois da destruição de “Babilônia, a Grande”, o Cordeiro vencerá as nações.
Daí acrescenta: “Também o farão com ele os chamados, e escolhidos, e fiéis.” (Apocalipse 17:5, 14) Se “os chamados, e escolhidos, e fiéis” estarão com Jesus para a derrota final do mundo de Satanás, é porque já terão sido ressuscitados. É então razoável concluir que os ungidos que morrem antes do Armagedom são ressuscitados entre 1914 e o Armagedom.

Quem são os 24 anciãos, e o que um deles revelou a João? O que podemos concluir disso?
Podemos dizer com mais exatidão quando começa a primeira ressurreição? Encontramos um indício interessante em Apocalipse 7:9-15, onde o apóstolo João descreve a visão que teve de “uma grande multidão, que nenhum homem podia contar”.
A identidade dessa grande multidão é revelada a João por um dos 24 anciãos, e estes representam os 144.000 co-herdeiros de Cristo após receberem sua glória celestial.* (Lucas 22:28-30; Revelação 4:4)
O próprio João tinha esperança celestial; mas visto que ainda era homem na Terra quando o ancião falou com ele, nessa visão João deve representar os ungidos na Terra que ainda não receberam sua recompensa celestial.
O que podemos concluir do fato de que um dos 24 anciãos revelou a João quem são os da grande multidão?
Parece que os do grupo dos 24 anciãos que já foram ressuscitados estão envolvidos em transmitir verdades divinas hoje.
Por que isso é significativo? Porque em 1935, a identidade correta da grande multidão foi revelada aos servos ungidos de Deus que estavam na Terra. Se um dos 24 anciãos foi usado para transmitir essa verdade importante, ele teria de ter sido ressuscitado para a vida no céu no a partir de 1914. Isso indicaria que a primeira ressurreição começou em algum tempo a partir 1914.


QUAL A MAIOR PROVA QUE A RESSURREIÇÃO DOS 144.000 COMEÇOU A PARTIR DE 1914?
JEOVÁ SENTADO NO TRONO AO CORDEIRO, VEJA OS 24 ANCIÃOS NA PRESENÇA DE JEOVÁ.
Veja no livro de Apocalipse nos versículos:
4:2,3 - Jeová sentado em seu trono.
4:4 - Os 24 anciãos em tronos que representam os 144.000 em grupo já presentes no dia do Senhor. (1914)
4:5, 6a - Mar vítreo e 7 lâmpadas de fogo acesas. (7 espíritos de Deus).
4:6-8a - 4 criaturas viventes. Os 4 querubins acima dos anjos comuns.
4:8b,11 - Agradecimento, honra, glória e adoração a Jeová pelas 4 criaturas viventes e os 24 anciãos.
5:6 - O Cordeiro representando Jesus ao meio e em frente o trono de Jeová.
5:1 - Rolo com sete selos na mão de Jeová (Revelação de Jeová à Jesus, Apoc. 1:1).
5:2-5 - Jesus é considerado digno de abrir o rolo.
5:6-8 - Jesus pega o rolo de Jeová e as 4 criaturas viventes e os 24 anciãos,os 144.000 como grupo prostraram diante do Cordeiro.
5:9,10 - Eles (os 24 anciãos) cantam um cântico novo: O Cordeiro é digno de abrir os selos, os 144.000 reinarão sobre a Terra.
5:11,12 Milhares de anjos também cantam em voz alta: O cordeiro e digno de receber poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor.  
5:13 - Todas criaturas no céu e na terra proclamam: que Jeová e o cordeiro recebam louvor, honra, glória e poder para sempre.
5:15- As quatro criaturas adoram Jeová o sentado no trono. Vide Apoc 7:11.   

OS 24 ANCIÃOS NÃO PARTICIPARAM DA GUERRA CONTRA SATANÁS EM 1914, MAS TODOS JÁ NO CÉU PARTICIPARÃO DA GUERRA DO ARMAGEDOM.
Não participaram na guerra contra satanás em 1914, porque o grupo da noiva, os escolhidos e fiéis  ainda estava incompleto em 1914, por isso são representados pelos vinte quatro anciãos. (Selagem inicial)
Já no Armagedom quando os 144.000 estiverem todos entronizados então todos participarão na GUERRA DO DEUS todo poderoso no Armagedom. (Selagem final) Apoc. 17:14.

 
AS TRÊS ETAPAS DO ARREBATAMENTO
01- A SELAGEM INICIAL
Todos ungidos mortos nos túmulos de 33 a 1914 DC, são ressuscitados em 1914 quando Jesus se torna reis e eles também são entronizados e vistos como Classe, (24 Anciãos). São vistos no céu antes das aberturas dos selos. 1 Tess. 4:13-17.

02- A SELAGEM INTERMEDIÁRIA
Todos ungidos que irão morrendo de 1914 até início da grande tribulação, já são automaticamente ressuscitados individualmente  e vão assumindo seus postos de Reis e Sacerdotes no céu. Apoc. 14:13.

03- A SELAGEM FINAL
Todos ungidos ainda vivos durante a grande tribulação são transformados imediatamente e arrebatados completando o pleno número deles, a noiva de Cristo . 1 Cor. 15:50-53, 1 Tess. 4:13-17.

PERGUNTAS DE LEITORES
01- As ressurreições dos ungidos mortos desde 33 d.C. ate 1914, ocorreram em 1914,Tess. 4:13-17. Pergunta: Os ungidos quando morrem atualmente, o que acontece com o corpo deles?
RESPOSTA: Quando um ungido morre após 1914, ele nasce de novo propriamente dito. O ungido é transformado num piscar de olhos em criatura espiritual, recebendo um novo corpo espiritual incorruptível e imortal. Neste momento, ele  parte imediatamente  para o céu, a fim de ajuntar-se com a turma da noiva já ressuscitada em 1914. Seu velho corpo carnal é enterrado no hades (sepultura).

02- Por que o corpo de Jesus quando ressuscitou não ficou no Hades?  (Sepultura)
RESPOSTA: Por trata-se do Messias o primeiro humano ungido de Jeová para a vida espiritual imortal no céu, bem como o corpo carnal ter sido uma oblação para a salvação da humanidade, Jeová profetizou em sua palavra que não deixaria o corpo carnal de Jesus no Hades  (sepultura) exposto a deterioração da carne.

Para tanto, o próprio Jeová milagrosamente usou um anjo e retirou o corpo de Jesus tomando para si. Na sua ressurreição espiritual teve o novo nascimento para a vida espiritual  com um novo corpo imortal espiritual. Todavia logo depois da sua ressurreição Jesus materializou com outros vários corpos carnais para se tornar visível a todos. Inclusive o anjo que retirou o corpo carnal de Jesus do  túmulo (Hades), também havia se materializado com corpo carnal provisório. Heb. 10:10,12; Sal. 16:8,10; Mar. 16:2-6; Luc. 24:36-40; 1 Cor 15:45-48,50.

03- Os túmulos dos ungidos mortos de 33 d.C até 1914, ficaram VAZIOS nas ressurreições deles 1914? E á partir de 1914, nas suas ressurreições, os seus corpos sumiram das sepultura assim como o corpo carnal  de Jesus?
RESPOSTA: Os corpos humanos dos ungidos formam comidos pelos vermes e decompostos. Já imaginou um corpo carnal de um ungido que morreu em 33d.C.?

04- E o que acontece com o corpo carnal de um ungido que é ressuscitados à partir de 1914?
RESPOSTA: Todos 144.000 terão obrigatoriamente abandonar seus corpos humanas carnais, afinal deverão nascer de novo para a vida espiritual. A Bíblia é clara o corpo carnal morre e é ressuscitado corpo espiritual. Ninguém jamais ficará com duas naturezas, a carnal a espiritual. Até Jesus Cristo não tem mais sua natureza humana.

05- Mas não diz a Bíblia que na volta de Cristo os  ungidos VIVOS serão transformados? Neste caso o corpo carnal deles não são reaproveitados?  
RESPOSTA: Serem TRANSFORMADOS não quer dizer usar o mesmo corpo carnal mortal. Estes corpos carnais humanos dos ungidos não subirão ao céu. Ficarão na Terra para sem enterrados. Estes corpos sim, todos verão que os ungidos foram para o céu. Este realmente é o arrebatamento da Igreja de Cristo. 1 Cor. 15:50.

06- O que aconteceu com os corpos de Enoque e Elias quando foram elevados ao céu?
RESPOSTA: Na verdade não foi um arrebatamento definitivo e nem para o Céu morada de Deus e de Cristo, pois a Bíblia informa que Eles morreram depois do arrebatamento e seus corpos carnais se decompuseram. Heb. 11:13

07- O que é a transformação instantânea dos ungidos na Volta de Cristo? 1 Cor.15:52
RESPOSTA: Significa transformar instantaneamente o ungido totalmente da NATUREZA carnal para a NaTUREZA espiritual, para isso seus corpos são substituídos por corpos espirituais, como o de Cristo.
Note durante a última trombeta no Céu. (NASCER DE NOVO)


MATÉRIA ADICIONAL
Voltar para o conteúdo