144.000 - 12.000 - SÃO NÚMEROS SIMBÓLICOS OU REAIS? - https://adeusheresias.com.br

www.ADEUS HERESIAS.com.br
Site dedicado a pessoas sinceras estudiosas da Bíblia.
Ir para o conteúdo

144.000 - 12.000 - SÃO NÚMEROS SIMBÓLICOS OU REAIS?

Quantos São Selados?
Jesus disse aos candidatos a essa selagem: “Não temas, pequeno rebanho, porque vosso Pai aprovou dar-vos o reino.” (Lucas 12:32)
Outros textos, tais como Apocalipse 6:11 e Romanos 11:25, indicam que o número deste pequeno rebanho é deveras limitado e, de fato, predeterminado.

As próximas palavras de João confirmam isso: “E ouvi o número dos selados: cento e quarenta e quatro mil, selados de toda tribo dos filhos de Israel: Da tribo de Judá, doze mil selados; da tribo de Rubem, doze mil; da tribo de Gade, doze mil; da tribo de Aser, doze mil; da tribo de Naftali, doze mil; da tribo de Manassés, doze mil; da tribo de Simeão, doze mil; da tribo de Levi, doze mil; da tribo de Issacar, doze mil; da tribo de Zebulão, doze mil; da tribo de José, doze mil; da tribo de Benjamim, doze mil selados.” — Apocalipse 7:4-8.

Isso não pode referir-se ao Israel literal, carnal? Por que? Porque  Apocalipse 7:4-8 diverge da costumeira listagem tribal. (Números 1:17, 47) É óbvio que a listagem aqui não se destina a identificar os judeus carnais pelas suas tribos, mas a mostrar a estrutura organizacional similar do Israel espiritual.
Essa estrutura é harmoniosa. Haverá exatamente 144.000 membros desta nova nação.
Nenhuma tribo neste Israel de Deus é exclusivamente régia ou sacerdotal.

Todos os membros da nação governarão como reis, e todos servirão como sacerdotes.  Gálatas 6:16; Apocalipse 20:4, 6.
Embora os judeus naturais e os prosélitos judaicos fossem os primeiros a receber a oportunidade de ser escolhidos para o Israel espiritual, apenas uma minoria daquela nação a aceitou.

Portanto, Jeová estendeu o convite aos gentios. (João 1:10-13; Atos 2:4, 7-11; Romanos 11:7) Como no caso dos efésios, que anteriormente haviam estado “apartados do estado de Israel”, não judeus poderiam então ser selados com o espírito de Deus e tornar-se parte da congregação de cristãos ungidos. (Efésios 2:11-13; 3:5, 6; Atos 15:14) Portanto, é apropriado que os 24 anciãos cantem diante do Cordeiro: “Com o teu sangue compraste pessoas para Deus, dentre toda tribo, e língua, e povo, e nação, e fizeste deles um reino e sacerdotes para o nosso Deus, e hão de reinar sobre a terra.”  Apocalipse 5:9, 10.

A congregação cristã é “raça escolhida, sacerdócio real, nação santa”. (1 Pedro 2:9) Substituindo o Israel natural qual nação de Deus, torna-se um novo Israel que é “realmente ‘Israel’”. (Romanos 9:6-8; Mateus 21:43) Por este motivo, era bem apropriado que o meio-irmão de Jesus, Tiago, dirigisse a sua carta pastoral “às doze tribos que estão espalhadas”, quer dizer, à congregação mundial de cristãos ungidos, que com o tempo ascenderia a 144.000. — Tiago 1:1.

O Atual Israel de Deus
144.000 é um número literal das pessoas que constituem um Israel espiritual.
“Temos todos os motivos para crer que o número definido, fixo, dos eleitos [escolhidos ungidos] seja aquele várias vezes mencionado em Apocalipse (7:4; 14:1); a saber, 144.000 ‘remidos dentre os homens’.” Mostra-se assim os 144.000 membros do corpo de Cristo, em assembleia, como selecionados e ungidos, ou selados.”

As Testemunhas de Jeová têm coerentemente sustentado o conceito de que o Israel espiritual é composto literalmente de 144.000 cristãos ungidos.
Não obstante, não merece o Israel natural, hoje, algum favor especial?
No período pouco antes do dia do Senhor, quando sinceros estudantes da Bíblia redescobriam muitas das verdades básicas da Palavra de Deus, pensava-se que, com o fim dos Tempos dos Gentios, os judeus usufruiriam novamente uma posição privilegiada perante Deus.

Jeremias 31:29-34 aplicava se  aos judeus naturais. “O mundo é testemunha do fato de que a punição dos judeus debaixo do domínio dos gentios tem sido contínua, desde [607] AC, que ela ainda continua e que não há motivo de se esperar a reorganização nacional deles antes de AD 1914, o limite de seus ‘sete tempos’ — 2.520 anos.”
Parecia que os judeus teriam então uma restauração nacional, e esta perspectiva aparentemente tornou-se mais provável em 1917, quando a Declaração Balfour penhorou o apoio britânico de transformar a Palestina em lar nacional para os judeus.

Depois da Primeira Guerra Mundial, a Palestina tornou-se um território sob o mandato da Grã-Bretanha, e abriu-se assim o caminho para muitos judeus retornarem àquela terra. Em 1948 foi constituído o político Estado de Israel. Não indicava isso que os judeus estavam para receber bênçãos divinas? Durante muitos anos, as Testemunhas de Jeová acreditavam que fosse assim.

Era óbvio que os judeus, como povo e como nação, não eram o Israel descrito em Apocalipse 7:4-8, ou em outras profecias bíblicas relacionadas com o dia do Senhor. Seguindo a tradição, os judeus continuavam a evitar o uso do nome divino.

NOTE CLARAMENTE QUE OS 144000 SÃO TESTEMUNHAS CRISTÃS DE JEOVÁ Apoc. 14:1,2,(Mateus 15:1-3, 7-9). Considerando Jeremias 31:31-34, se declara conclusivamente: “O novo pacto não se refere aos descendentes naturais de Israel, nem à humanidade em geral, e sim ao Israel espiritual.”
As profecias bíblicas sobre o restabelecimento não se referiam nem aos judeus naturais, nem ao Israel político, que é membro das Nações Unidas e parte do mundo sobre o qual Jesus falou em João 14:19, 30, e 18:36.

É O NÚMERO 144.000 É SIMBÓLICO OU LITERAL?
RAZÕES PARA SER LITERAL:
01- As Escrituras dizem que este número é uma quantidade selada de pessoas para herdarem o reino. Apoc. 7:4; 14:1,3.

02- Este numero é citado contrastando com outra classe salva de pessoas com quantidade em aberto e impossível de um homem contar. Apoc. 7:4,9,10

03- Os 144.000 não é número simbólico, mesmo que as tribos apocalípticas não são as mesmas das tribos do Israel carnal. O pleno número dos144.000, acabou NÃO sendo "comprado" totalmente do Israel carnal, por não aceitar o Messias. Por isso Deus ainda está completando o pleno número com pessoas de todas nações até o final da grande tribulação. Êx. 19:5,6; Apoc. 5:9,10; 20:6.

04- No mesmo texto que consta esse número (144.000), existe outro número literal juntamente. (Um Cordeiro). Apoc. 14:1.

05- Impossível um número num contexto indicando um grupo de pessoas seladas e predestinadas ser simbólico.  Rom. 8:29,30;  Ef.1:5, Apoc. 7:4; 14:1,3.

CONCLUSÃO
A resposta é indicada pelo fato de que, após a menção do número definido de 144.000, Apocalipse 7:9 faz referência a “uma grande multidão, que nenhum homem podia contar”. Se o número 144.000 não fosse literal, não teria sentido contrastá-lo com a “grande multidão”. O entendimento de que é um número literal concorda com a declaração de Jesus em Mateus 22:14; com respeito ao Reino dos céus: “Há muitos convidados, mas poucos escolhidos.”
Outro fato irrefutável da literalidade do número 144.000 é o fato que se este número fosse simbólico jamais poderia ser completado. Apocalipse 6:11.
ADEMAIS o número 144.000 têm remanscentes  da "semente" para o tempo do fim, que deveriam completar a selagem final deles. Apoc. 7:3; 12:17

12.000 DE CADA TRIBO SÃO NÚMEROS SIMBÓLICOS OU REAIS?
QUAIS ERAM AS TRIBOS ORIGINAIS DE ISRAEL PARA SE TIRAR EXATAMENTE 12000 DE CADA UMA?
Rubem, Simeão, Levi, Judá, Zebulão, Issacar, Dã, Gade, Aser, Naftali, José e Benjamim; e, por meio destes, prosseguiu o arranjo tribal, patriarcal.

QUAIS ERAM AS TRIBOS DO “ISRAEL” DO APOCALIPSE?
AS TRIBOS DE "ISRAEL" DO APOCALIPSE NÃO SÃO AS MESMAS DO ISRAEL ORIGINAL, VEJA:
No apocalipse João vê selagens de tribos de “ISRAEL” ESPIRITUAL:  E ouvi o número dos selados: cento e quarenta e quatro mil, selados de toda tribo dos filhos de Israel:  Da tribo de Judá, Rubem, Gade, Aser, Naftali, MANASSÉS (não tem nas doze originais), Simeão, Levi, Issacar, Zebulão, José, Benjamim, doze mil selados. CADÊ A TRIBO DE DÃ?

CONCLUSÃO:
Portanto se as tribos APOCALÍPTICAS são simbólicas e ESPIRITUAIS, como posso retirar doze mil pessoas de tribo que nunca existiu ? NÃO TEM A TRIBO DE DÃ NO APOCALIPSE E CONSTA A TRIBO DE MANASSES, QUE NAO TEM NAS TRIBOS DE ISRAEL natural.
PORTANTO, SÃO COMPRADOS DA TERRA DE TODAS NAÇÕES, POVOS E LÍNGUAS. Apoc 5:9,10.


Voltar para o conteúdo